PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Semana Estadual de Proteção dos Manguezais encerra-se nesta sexta-feira (30)

29 de julho de 2021 - 15:09 # # #

Ascom Sema

Nesta sexta (30), às 9h, acontece o encerramento da Semana Estadual dos Manguezais 2021. O evento é uma realização do Governo do Ceará, através da Secretaria do Meio Ambiente, e organizado em parceria com o Ecomuseu Natural do Mangue e a Rede Nacional de Manguezais (Renaman). Conta com o apoio da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará e do Programa Cientista-Chefe Meio Ambiente, da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap). O evento será virtual, transmitido pelo canal do YouTube da Sema (SemaSecretariadoMeioAmbiente).

A Semana serviu para lançar a Década do Oceano no Ceará. Em dezembro de 2017, a Organização das Nações Unidas (ONU) declarou o período de 2021 até 2030, a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, popularmente denominada “Década do Oceano”. Desta forma, uma Mesa Virtual vai debater as ações planejadas pelo Fortaleza 2040 e Ceará 2050 para a preservação e economia marinha e costeira sustentável. Como expositores, o vice-prefeito de Fortaleza e presidente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Élcio Batista; e o secretário-executivo da Casa Civil do Governo do Estado, Célio Fernando. O moderador será o deputado estadual Acrísio Sena (PT), presidente da Comissão de Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa do Ceará.

Na sequência, haverá apresentação do Case Fundação Boticário, com Liziane Alberti e Karina Tolentino. Também participarão a ambientalista Rusty Sá Barreto, do Ecomuseu do Mangue, e a coordenadora de Biodiversidade da SEMA, Doris Santos. Em seguida, o presidente do Instituto Winds for Future, André Farias, falará sobre o “Case HUB Cumbuco: ações no contexto da Década do Oceano”.

Ao final, haverá apresentação do resultado da votação virtual para escolha da mascote da Década do Oceano. O titular da Sema, Artur Bruno, explica que “em todas as suas ações, a Década do Oceano no Ceará tem como premissa a educação ambiental. E por isso, pensando também no público infantil, a SEMA pensou em uma mascote para representar a Década no Ceará”. A ilustradora Nathália Garcia de Sousa desenhou sete opções de espécies para a mascote: a Bu (Água Viva), o Jão (Tubarão Lixa), Joca (Polvo), o Juba (Peixe Anjo), a Loca (Lagosta), a Mabel (Arraia) e Tuga (Tartaruga).

A votação está aberta até as 11h59 desta quinta, 29 de julho.