PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Polícia Civil captura seis suspeitos investigados por homicídios e latrocínio em Fortaleza

6 de agosto de 2021 - 17:29 # # # # #

Ascom SSPDS

Ações desenvolvidas nos últimos três dias pela Polícia Civil do Estado do Ceará resultaram nas prisões de cinco adultos e um adolescente envolvidos em homicídios e um latrocínio ocorridos em Fortaleza. Entre os presos está o suspeito de atirar em uma universitária durante um latrocínio no bairro Quintino Cunha (Área Integrada de Segurança 6), e homens suspeitos de executar e ocultar o corpo de um rapaz de 21 anos, no bairro Praia do Futuro (AIS 10). Duas armas de fogo foram apreendidas. O trabalho policial foi apresentado em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira (6), na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Fortaleza.

Hyago dos Anjos Sousa (26), que não registrava antecedentes criminais, foi preso por equipes da 6ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) por força de mandado de prisão solicitado pela PC-CE, em razão do latrocínio que vitimou uma universitária de 21 anos, ocorrido em maio deste ano. As investigações apontam o suspeito como responsável pelo tiro que acertou a vítima. Hyago é o terceiro envolvido no caso que é preso pela PC-CE. Outros dois homens já tinham sido presos em ações anteriores do DHPP, em maio e julho.

Dando continuidade na busca e captura de suspeitos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), policiais civis do DHPP prenderam Francinildo Silva de Araújo (28), que já responde por latrocínio e crime ambiental. Contra o suspeito havia um mandado de prisão em aberto por um crime de homicídio, ocorrido em junho deste ano, que vitimou um homem de 18 anos, no bairro Mondubim, em Fortaleza.

Desaparecimento, homicídio e ocultação do corpo

No último dia 22 de julho, os policiais civis iniciaram diligências para localizar José Fabrício Carvalho Felix de Sousa (21), após a família registrar seu desaparecimento, na noite anterior. Com as diligências iniciadas, os policiais civis localizaram um vídeo que mostra a vítima sendo agredida e executada por alguns homens. De posse das imagens e informações, os policiais passaram a diligenciar e localizaram três envolvidos no desaparecimento, execução e ocultação do corpo da vítima.

Foram presos: Jonathan Chagas de Souza (26), que não registrava antecedentes criminais, Renan da Silva Arruda (24), que já responde por tráfico de drogas, dano e crime contra a administração pública, e Victor Emmanuel da Silva Avila (20), que já responde por crime de trânsito. Também foi localizado um adolescente de 17 anos, que já foi apreendido por tráfico de drogas.

Durante a ação policial, foram localizadas duas armas de fogo e munições. Também durante as diligências, o short usado por um dos suspeitos no momento do crime foi apreendido. As diligências continuam no sentido de localizar o corpo da vítima, bem como capturar outros dois suspeitos de participar do crime.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o número (85) 3257-4807, do DHPP. O sigilo e o anonimato são garantidos.