PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

SSPDS deflagra Operação Sumé I em residencial na cidade de Caucaia

13 de agosto de 2021 - 17:12 # # # # # # #

Ascom SSPDS - Texto e Fotos

A ofensiva contou com mais de 400 profissionais e resultou no cumprimento de mandados e nas apreensões de drogas e arma

Batizada pelo nome da divindade indígena responsável por manter as leis e as regras, a Operação Sumé I foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (13), na cidade de Caucaia, com o intuito de coibir práticas criminosas como homicídios e ameaças a moradores. A ofensiva, coordenada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por meio da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (Copol), conta com um efetivo composto por membros das Forças de Segurança e dos órgãos de trânsito estaduais.

A primeira edição da “Sumé” ocorreu no residencial José Lino da Silveira V e VIII, no município de Caucaia. O principal foco é investigar e reprimir ameaças a moradores da região, bem como outras práticas criminosas. O trabalho realizado pelas equipes incluiu a desobstrução de barreiras irregulares, autuações, cumprimentos de mandados de prisão e de busca e apreensão, fiscalização de indivíduos tornozelados e saturações preventivas.

Estiveram presentes acompanhando todo o trabalho o secretário executivo da SSPDS, Samuel Elânio; o delegado geral da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), Sérgio Pereira; e o coronel comandante geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), Márcio Oliveira; e a coordenadora de Planejamento Operacional (Copol) da SSPDS, Socorro Portela.

“Nós estamos acompanhando um trabalho de abordagem, indo de apartamento em apartamento. As equipes fazem abordagens rotineiras e paralelamente temos a Secretaria da Administração Penitenciária que faz o trabalho de monitoramento dos tornozelados. É importante dizer que estamos com ações focadas em Caucaia, que apresentou redução de quase 30% nos CVLIs (Crimes Violentos Letais e Intencionais) e quase 800 capturas por crimes de janeiro a julho de 2021”, pontuou o secretário executivo da SSPDS, Samuel Elânio.

O delegado geral da PC-CE, Sérgio Pereira, pontuou sobre a boa receptividade da população diante das diligências. “A gente tem se deslocado a cada imóvel, mantendo contato e identificando quem são os moradores que residem no local e a quantidade. A partir daí, investigamos para saber se algum dos proprietários do imóvel responde a algum procedimento ou se possui algum mandado de prisão em aberto. Importante dizer que estamos sendo bem recepcionados pela população. O que a população pode fazer para nos ajudar mais ainda? É manter contato conosco por meio do Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança, o 181, e também pelo 190 da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança”, disse.

Ao todo, foram empregados mais de 400 profissionais de segurança das Polícias Civil e Militar do Ceará, do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), além da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Pelo ar, uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS sobrevoou a região dando apoio às equipes em solo.

Balanço

Conforme balanço de ações da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (Copol) da SSPDS, foram 450 abordagens/visitas realizadas no residencial. Ao todo, foram cumpridos dois mandados de prisão, um por homicídio e outro por estupro de vulnerável.

Uma motocicleta roubada também foi encontrada pelos agentes de segurança. O veículo foi encaminhado ao 18° Distrito Policial (DP), onde já foi restituído à vítima. As ações no residencial também culminaram nas apreensões de uma arma de fogo artesanal de calibre 12, 33 munições, 113 gramas de maconha, 27 gramas de cocaína, cinco pássaros silvestres, duas balanças de precisão, além de outros materiais utilizados na traficância de entorpecentes.Pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), foram 110 veículos abordados, 15 veículos apreendidos e 49 infrações lavradas. Já pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), 51 vistorias foram realizadas em apartamentos, com cinco notificações acerca de irregularidades nos dois condomínios.

Atuações em Caucaia

Diariamente, as Forças de Segurança deflagram ofensivas no município, com atuações da Polícia Civil do Estado do Ceará, que contou com um reforço de policiais civis na Delegacia Metropolitana de Caucaia, e o emprego da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Somado a isso, vem ainda o trabalho preventivo promovido pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), por meio do Batalhão de Policiamento de Prevenção Especializada (BPEsp). Só neste ano, houve uma redução de 27,9% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) no balanço dos sete primeiros meses em Caucaia, indo de 240 para 173 crimes.

“Essa é uma diretriz da Secretaria da Segurança em aumentar a capacidade operativa das Forças de Segurança, entre elas da Polícia Militar do Ceará, como maior vinculada, através das várias frações de tropa e de processos de policiamento e modalidade. O objetivo das nossas operações é realizar as abordagens, que são praxes dos processos de policiamento, e retirar o maior número de armas e drogas, bem como realizar mandados de prisão. Contribuindo assim com a redução dos indicadores criminais e o aumento da sensação de segurança da população”, disse o coronel comandante geral da PMCE, Márcio Oliveira.