PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Bombeiros militares participam de instruções práticas de Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas

17 de agosto de 2021 - 17:11 # # # # # # # #

Ascom AESP - Texto e Fotos

A prática e a técnica em procedimentos que auxiliam a busca e resgate em ocorrência envolvendo catástrofes naturais ou acidentes são alguns dos fatores que garantem o sucesso e eficácia de ações envolvendo estruturas colapsadas, e para que esta prática sejam aplicada de forma precisa e segura, os 24 alunos do I Curso de Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas (Brec), promovido Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE), participam de instruções práticas voltadas para esse tipo de ocorrência.

Durante a atividade prática, realizada no Quartel da 4ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiros Militar (4ªCia/1ºBBM) – Quartel do José Walter, os alunos passaram por um ciclo de oficinas que simulavam desde o atendimento de estrutura em situação de colapso – com levantamento de carga e vítimas embaixo das estruturas – até o resgate de vítimas de primeiro e segundo pavimento, utilizando a técnica de salvamento terrestre denominada “escada rebatida” para dar segurança à pessoa ferida.

“Apenas uma parte da nossa tropa é capacitada em busca e resgate em estruturas colapsadas, porque é algo muito específico, então, a idéia do CBMCE depois do que aconteceu no Edifício Andréa é capacitar o máximo de bombeiros possíveis para realizar esse tipo de resgate. Na primeira oficina eles vão aprender uma técnica que a gente chama de resgate vertical, aonde eles vão à altura, com a ajuda de uma escada e de cordas, resgatar essa vítima de um local mais elevado. Já na segunda é realizada a remoção de escombros aonde eles vão aprender a utilizar técnicas para remover esses materiais do local para fazer resgate de vítimas e por fim é feita a elevação de carga, onde eles vão aprender uma técnica para com alavancas, elevar cargas e fazer o calçamento dessas cargas para fazer a retirada de vítimas.”, explicou a tenente BM Ana Carolina Campos Olinda, monitora do curso.

As instruções aconteceram no Centro de Treinamento de Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas (Brec), desenvolvida e estruturada utilizando os escombros do desabamento do Edifício Andrea. O acidente, ocorrido em 15 de outubro de 2019, na cidade de Fortaleza, marcou a memória dos cearenses e a história do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, que trabalhou ininterruptamente na operação de busca e resgate que durou 102 horas. Sete pessoas foram retiradas com vida debaixo dos escombros da estrutura de sete andares.

Para o aluno do curso, tenente BM Sócrates, lotado na região do Cariri, a realização dessa primeira edição do curso aqui no Ceará, mostra que o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, está aprimorando os conhecimentos técnicos da tropa para esse tipo de ocorrências. “É um curso novo aqui em nosso Estado e é bastante intenso, nós estamos vivenciando, aprendendo muita coisa que precisamos na hora da prática. Eu tanto participei da Operação do edifício Andrea, como também na minha região, mas em menores proporções e sem vítimas, mas precisamos estar sempre preparados para novas situações como encostas com deslizamentos e também nos envolver em estruturas colapsadas. Então é muito válido esse conhecimento, esse aprimoramento ”, destacou o bombeiro militar.

O curso, que possui uma carga-horária de 80 horas/aula, contempla em seu conteúdo programático conhecimentos sobre sistema de comando de incidentes (SCI); segurança nas operações; reconhecimento de danos nas edificações; técnicas de busca e localização de vítimas e sinalização; atendimento pré-hospitalar; ferramentas, equipamentos e acessórios; resgate em superfície; atividade psicosensorial dentre outros conhecimentos, e tem previsão de término no próximo dia 18.