PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Ceará recebe 152 mil doses da AstraZeneca para aplicação da segunda dose

23 de agosto de 2021 - 13:40 # # # # # #

Larissa Falcão - Ascom Casa Civil - Texto
Helene Santos - Foto

Cerca de 51% da população cearense já recebeu a primeira dose

Chegou ao Ceará, na manhã desta segunda-feira (23), um lote com 152.420 doses da AstraZeneca/Fiocruz, que serão destinadas para aplicação da segunda dose (D2) na imunização da população cearense. No domingo (22), o Estado recebeu 194.510 doses de imunizantes, sendo 97.400 CoronaVac e 97.110 Pfizer.

Em publicação nas redes sociais, o governador Camilo Santana destacou a importância do lote para concluir o processo de imunização. “Recebemos nesta segunda-feira mais 152.420 doses da vacina AstraZeneca, que serão utilizadas para D2 e, com isso, completar o ciclo de imunização de milhares de cearenses. A vacinação em massa é fundamental para superarmos de vez essa pandemia”, afirmou.

Todas as remessas, enviadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, foram encaminhadas para a Central de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadim), da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). A distribuição dos imunizantes para primeira dose será feita de forma proporcional aos municípios cearenses. O agendamento da vacinação é de responsabilidade de cada município.

Até o momento, o Ceará recebeu um total de 9.183.188 doses (CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen).

Vacinômetro

No Ceará, 7 milhões de doses já foram aplicadas, sendo 4,88 milhões em D1 e 2,02 milhões em D2. Quase 155 mil pessoas receberam a dose única da Janssen. Com isso, o estado já ultrapassou a marca de 51% da população vacinada com, pelo menos, uma dose. Aproximadamente 22% dos cearenses já estão com o processo de imunização concluído.

Variante Delta

Até sexta-feira (20), foram confirmados 62 casos da variante Delta do coronavírus em pacientes que moram ou estiveram no Ceará desde julho deste ano. Segundo os rastreamentos realizados pela Sesa, ainda há predominância de casos importados (pessoas com histórico de viagem), o que mostra a importância de haver reforços nas barreiras sanitárias do Estado, como o Centro de Testagem Covid-19 para Viajantes, instalado no Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins.

A Sesa orienta que a população deve reforçar os cuidados, evitando viagens desnecessárias, cumprindo autoisolamento em casos de exames positivos para Covid-19, mantendo o distanciamento social, uso máscara e álcool 70%, além de lavar as mãos frequentemente.