PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Governo do Ceará está construindo 20 Cras no Interior

30 de agosto de 2021 - 10:34 # # # # #

Airton Lima Jr - Ascom SOP - Texto

Políticas públicas que garantam direitos sociais à população, principalmente aos indivíduos em situação de vulnerabilidade, são fundamentais para reduzir as desigualdades, fortalecer os vínculos familiares e dar suporte a uma formação cidadã. Nesse sentido, os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) funcionam como instrumentos essenciais para o Estado efetivar serviços, programas e benefícios ao público e realizar acompanhamento familiar.

Hoje, o Ceará conta com 41 equipamentos do gênero, que são coordenados pela Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos humanos (SPS). E para reforçar a rede assistencial, mais 20 Cras estão em construção pelo Governo do Ceará, contemplando os seguintes municípios: Croatá, Coreaú, Graça, Araripe, Uruoca, Ibaretama, Morrinhos, General Sampaio, Lavras da Mangabeira, Ocara, Ipaporanga, Parambu, Tamboril, Jardim, Aiuaba, Chaval, Caridade, Quiterianópolis, Santana do Cariri e Martinópole.

“Os Cras são o primeiro contato da população com nossos serviços e programas de assistência social. A decisão do Governo do Ceará de ampliar o número desses centros é fundamental para aproximarmos a proteção social dos cearenses mais vulneráveis”, destaca a titular da SPS, Socorro França. Ela lembra que, desde 2015, foram construídos, dentro do Programa de Apoio às Reformas Sociais (Proares), 16 Centros em 11 municípios cearenses, com investimento de cerca de R$ 6,7 milhões.

Nos Cras de Caridade, Santana do Cariri e Martinópole as obras avançam para cerca de 50% de execução com a parte estrutural dos prédios já erguida. Cada unidade é implantada em uma área de aproximadamente 990 m², e integrada com bloco administrativo (sala de recepção e espera, atendimento, secretaria, arquivo e coordenação), área de serviços de convivência e apoio técnico, refeitório, cozinha, despensa, lavanderia, depósito, palco externo e arquibancada.

“É através dos Cras que o cadastro em programas sociais da esfera federal, estadual e municipal é realizado, como o registro dos beneficiários do Cartão Mais Infância e do Vale Gás Social, oferecendo ainda o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif) e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)”, destaca o superintendente adjunto de Edificações da Superintendência de Obras Públicas (SOP), Celso Lelis.

Os centros também contam com equipes formadas por uma gama interdisciplinar de profissionais que acolhem e prestam atendimento psicossocial aos grupos que necessitam de maior atenção do poder público, estimulando o convívio social saudável, o aprendizado e a superação de conflitos.