PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Impulsiona Ceará: evento mobiliza diversos setores em prol do desenvolvimento regional

1 de setembro de 2021 - 13:31 # # # # # # #

Ascom Centec - Texto

O 1º Seminário “Impulsiona Ceará: fortalecendo os arranjos produtivos locais” mobilizou, nessa terça-feira (31) representantes de diversas entidades para discutir formas de atuar conjuntamente para o desenvolvimento regional. Mais de 500 pessoas, dentre representantes de sindicatos, prefeituras, entidades classistas, empresários, microempreendedores, acompanharam o evento, que aconteceu de forma virtual, com transmissão pelo Canal do Centec no Youtube.

A abertura oficial contou com a participação do presidente do Centec, Silas Alencar, do secretário Executivo de Trabalho e Empreendedorismo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado do Ceará (Sedet), Kennedy Montenegro, do diretor de Fomento da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Luis Eduardo Fontenelle, e do secretário de Ciência e Tecnologia do Ceará (Secitece), Inácio Arruda.

Em sua fala, Silas Alencar agradeceu a todos os presentes, e informou que o evento faz parte de um projeto maior que também promoverá seminários em quatro regiões do Estado para mobilizar diversos setores em torno da proposta.

Já para Luis Fontenele, esta iniciativa deseja interiorizar o desenvolvimento, “para chegarmos mais próximo ao cidadão e seus empreendimentos. Que este seja o pontapé inicial em uma nova fase no crescimento do nosso estado”.

Inácio Arruda reforçou que o setor público precisa encontrar formas de facilitar a vida dos pequenos empreendedores. “Que ao regularizar o seu negócio, eles não tenham um custo tão elevado para continuar atuando”.

Palestras

Kennedy Montenegro apresentou, em detalhes, todas as fases do projeto “Impulsiona Ceará”, destacando que os quatro APLs selecionados foram escolhidos com base nas metas dos planos “Ceará 2020” e “Ceará Veloz”, com o intuito de buscar resultados mais rápidos, a médio prazo, para estimular os demais arranjos. “Buscamos promover a redução da informalidade e ativar atividades que gerem emprego, renda e oportunidades de negócios para as empresas cearenses”, finalizou.

A analista de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Cristina Milani, apresentou os resultados de uma pesquisa realizada em 2020 para atualizar os dados primários dos APLs do Brasil, verificando se há autonomia na gestão ou se ainda havia necessidade de apoios governamentais e quais Estados continuam a apoiar os arranjos. Ela ressaltou ainda a importância de capacitações para que as instituições participem dos editais públicos. “Projetos muito bons deixam de ser apoiados por falhas pequenas. E, infelizmente, não podemos ajudar, pois os editais funcionam como uma seleção”, ponderou.

Já a gestora da Coordenadoria de Desenvolvimento Regional de São Paulo, Adriana Tedesco, compartilhou a experiência de apoio aos APLs no Estado. “O nosso principal foco sempre foi o desenvolvimento regional e a redução das desigualdades, por isso pensamos muito na distribuição dos investimentos no território do Estado, descentralizando o desenvolvimento produtivo e promovendo o aumento do empreendedorismo e da competitividade”, explicou. Ela destacou que São Paulo possui 67 APLs reconhecidos, em diferentes níveis de maturidade.

Sobre o 1º Impulsiona Ceará

O evento, organizado pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec), com o apoio da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) e Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado do Ceará (Sedet), busca mobilizar produtores, empresários, universidades, entes públicos, dentre outros atores, para fortalecer as economias locais e regionais.

O evento está disponível na íntegra no Youtube