PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Secitece articula criação de novos cursos de educação superior para Sertão Central e Centro-Sul

3 de setembro de 2021 - 11:21 # # # # # #

Ascom Secitece - Texto

Comitiva da Secretaria cumpre agenda de visitas que visa o fortalecimento e a expansão do ensino superior e tecnológico cearense

Em uma agenda de visitas iniciada nessa quinta-feira (2), o titular da Secitece, Inácio Arruda, e o secretário Executivo de Planejamento e Gestão Interna, Carlos Décimo, estão percorrendo alguns municípios para tratar da implantação de novos cursos de graduação para os cearenses. A primeira parada aconteceu em Quixeramobim, onde visitaram as instalações do Polo Universitário de Apoio Presencial Dr. Andrade Furtado, da Universidade Aberta do Brasil (UAB) no município.

Acompanhados do prefeito Cirilo Pimenta, os gestores da Secitece conheceram a sede que vai receber os cursos de Medicina e Enfermagem da Universidade Estadual do Ceará (Uece), criados para atender a demanda da região e integrar o Polo de Modernização da Saúde do Sertão Central.

Para Inácio, a instalação dos novos cursos é uma grande conquista da população e se torna oportuna pela presença de um hospital de referência no município. “O prefeito Cirilo Pimenta está comprometido com a reforma da estrutura e caberá à Uece a implantação dos novos cursos que vão atuar junto ao Hospital Regional do Sertão Central, permitindo uma formação de alta qualidade na área da saúde”, afirmou o secretário.

Atualmente, o Polo da UAB conta com 13 salas de aula, que auxiliam na formação semipresencial de 382 estudantes. Ao todo, já são ofertados 17 cursos, por três Instituições de Ensino Superior: IFCE , UFC e Uece. A sede comporta, também, uma unidade do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja), que atende cerca de 300 alunos.

Novos cursos para o Campus Multi-Institucional

Ainda na quinta-feira (2), Inácio Arruda e Carlos Décimo visitaram o Campus Multi-Institucional Humberto Teixeira, localizado em Iguatu. O objetivo foi vistoriar as instalações da unidade e conversar com membros da comunidade acadêmica, que solicitaram a implementação de novos cursos, com a finalidade de atender a vocação produtiva do município.

A pauta inclui os cursos de Agronomia, Música, Fisioterapia, Arquitetura e Contabilidade, além da criação de um espaço dedicado ao aleitamento materno dentro da unidade.

Para o secretário da Secitece, o fortalecimento e a expansão do ensino superior e tecnológico são fundamentais para o desenvolvimento do Interior do estado.

“O Campus Multi-Institucional Humberto Teixeira acabou de completar seis anos e já podemos perceber o impacto que essa instituição provoca na região. É muito importante que a gente faça o acompanhamento e busque melhorias para continuar oferecendo uma educação de qualidade aos estudantes”, pontuou.

O secretário executivo da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Iguatu, José Ivo Ferreira, classificou a visita como muito importante para o Campus. “Seguimos aproximando e fortalecendo o diálogo institucional para o fortalecimento da Educação Superior em Iguatu e região”.

Também participaram da visita ao Campus a diretora da Urca/Campus Descentralizado de Iguatu, Natália Bastos; a coordenadora do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) de Iguatu, Cida Albuquerque; e a representante da Uece, Silvaniza Férrer.