PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Com remessa reagendada, Ceará recebe 275 mil doses de vacinas nesta quarta-feira (8)

8 de setembro de 2021 - 14:23 # # # # # # #

Daniel Herculano - Ascom Casa Civil - Texto
Tiago Stille e Tatiana Fortes - Fotos

O Ceará recebeu na manhã desta quarta-feira (8) mais dois lotes de imunizantes contra Covid-19, que totalizam 275.130 doses. O primeiro, que estava previsto para a última terça-feira (7), mas devido ao feriado de 7 de Setembro foi reagendado para esta quarta-feira, com mais 104.130 doses da Pfizer/BioNTech. Logo em seguida chegou o segundo lote do dia, com mais 171.000 doses, agora de CoronaVac/Butantan.

Essas remessas serão destinadas à vacinação da população tanto para primeira dose (D1) quanto para segunda dose (D2). Elas seguem inicialmente para a Central de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadim), da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), de onde são distribuídas de forma proporcional aos municípios cearenses, através de rotas aéreas e terrestres. Os imunobiológicos foram enviados pelo Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Em publicação nas redes sociais nesta quarta, o governador Camilo Santana detalhou a destinação das doses. “Mais vacinas para o Ceará! Recebemos 104.130 doses da Pfizer e mais 171.000 da Coronavac. Os lotes serão utilizados para aplicação de D1 e D2, de acordo com o Ministério da Saúde. Não descansarei um minuto até que todos os cearenses estejam vacinados”, disse.

Vacinômetro

O Vacinômetro da Sesa registra que, até as 17 horas de domingo (5), foram aplicadas 8,24 milhões de doses. Com isso, 5,58 milhões de cearenses receberam a D1, enquanto 2,65 milhões completaram o esquema vacinal, considerando D2 ou dose única da Janssen. Quase 60% da população do Estado já recebeu pelo menos a primeira parte da imunização, e mais de 27% está com esquema vacinal concluído.

Vacinação de 12 a 17 anos

Camilo Santana destacou ainda sobre a vacinação dos adolescentes, assim como a importância do cadastramento e confirmação do registro. “Fortaleza e outros municípios já iniciaram a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos. Porém, o cadastro dessa faixa etária na Secretaria da Saúde ainda está abaixo do esperado no Ceará, com menos de 50%. É fundamental que todos estejam atentos ao cadastramento na Sesa, que pode ser feito pelo site https://digital.saude.ce.gov.br”, reforçou.