PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Idosos do Abrigo Olavo Bilac recebem a dose de reforço contra Covid-19

10 de setembro de 2021 - 17:23 # # # # # # # #

Ascom SPS - Texto e Fotos


Os 73 idosos e idosas acolhidos no Abrigo Olavo Bilac, da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), receberam, a dose de reforço contra Covid-19. O grupo já havia recebido a primeira dose em 21 de janeiro, e a segunda dose, também da Coronavac, em 17 de fevereiro, conforme o protocolo de vacinação do Governo do Ceará.

A titular da SPS, Socorro França, destaca o significado da vacinação para o público da terceira idade. “A aplicação da dose de reforço nos nossos idosos internalizados confirma o compromisso do Governo do Ceará em priorizar a vida e a saúde dos cidadãos no enfrentamento à pandemia. Ver nossos idosos e idosas, e todos os cidadãos cearenses sendo vacinados, da forma como o Estado vem fazendo, sempre pautado nas orientações da ciência, nos enche de orgulho, segurança e esperança”, ressalta.

A vacinação foi realizada como parte do Plano de Operacionalização do Governo do Ceará, que traz entre as prioridades a imunização dos 3.473 idosos institucionalizados, considerando a disponibilidade do imunizante. A aplicação da 3ª dose segue orientação do Ministério da Saúde, nos casos de indivíduos imunossuprimidos, após 28 dias da 2ª dose, e pessoas acima de 70 anos que receberam duas doses há seis meses.

“O reforço da vacina representa mais um elemento à segurança dos nossos idosos, frente a vulnerabilidade diante da COVID-19. Felizmente, desde a aplicação das duas doses só tivemos um caso de Covid, e na forma branda. Temos avançado contra essa epidemia e todos nós, funcionários e idosos, somos só gratidão”, comemora a diretora do Abrigo Olavo Bilac, Quitéria Magalhães.

Com o esquema vacinal completo, as visitas dos familiares serão realizadas com maior tranquilidade e menos riscos para todos. As visitas são agendadas no horário de 8 às 18 horas, nos dias úteis, seguindo rigorosamente o protocolo sanitário estabelecido pelo Ministério Público Estadual, Sesa e Instituto de Longa Permanência para Idoso (ILPI). Idosos do Abrigo Olavo Bilac recebem a dose de reforço contra Covid-19
Os 73 idosos e idosas acolhidos no Abrigo Olavo Bilac, da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), receberam, a dose de reforço contra Covid-19. O grupo já havia recebido a primeira dose em 21 de janeiro, e a segunda dose, também da Coronavac, em 17 de fevereiro, conforme o protocolo de vacinação do Governo do Ceará.

A titular da SPS, Socorro França, destaca o significado da vacinação para o público da terceira idade. “A aplicação da dose de reforço nos nossos idosos internalizados confirma o compromisso do Governo do Ceará em priorizar a vida e a saúde dos cidadãos no enfrentamento à pandemia. Ver nossos idosos e idosas, e todos os cidadãos cearenses sendo vacinados, da forma como o Estado vem fazendo, sempre pautado nas orientações da ciência, nos enche de orgulho, segurança e esperança”, ressalta.

A vacinação foi realizada como parte do Plano de Operacionalização do Governo do Ceará, que traz entre as prioridades a imunização dos 3.473 idosos institucionalizados, considerando a disponibilidade do imunizante. A aplicação da 3ª dose segue orientação do Ministério da Saúde, nos casos de indivíduos imunossuprimidos, após 28 dias da 2ª dose, e pessoas acima de 70 anos que receberam duas doses há seis meses.

“O reforço da vacina representa mais um elemento à segurança dos nossos idosos, frente a vulnerabilidade diante da COVID-19. Felizmente, desde a aplicação das duas doses só tivemos um caso de Covid, e na forma branda. Temos avançado contra essa epidemia e todos nós, funcionários e idosos, somos só gratidão”, comemora a diretora do Abrigo Olavo Bilac, Quitéria Magalhães.

Com o esquema vacinal completo, as visitas dos familiares serão realizadas com maior tranquilidade e menos riscos para todos. As visitas são agendadas no horário de 8 às 18 horas, nos dias úteis, seguindo rigorosamente o protocolo sanitário estabelecido pelo Ministério Público Estadual, Sesa e Instituto de Longa Permanência para Idoso (ILPI).