PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Sobrado Dr. José Lourenço retoma a programação do “Café do Zé” neste sábado (18)

16 de setembro de 2021 - 14:51 # # # # #

Ascom Porto Dragão

Neste sábado (18), às 10h, Kadma Marques conversa sobre “Travessias da memória: entre arte e artesania” no Youtube da Secult Ceará

O Café do Zé está de volta no Sobrado Dr. José Lourenço, equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult). A programação vem sendo realizada desde a inauguração do Sobrado, em 2007, promovendo discussões e debates sobre arte, cultura, produção cultural, patrimônio cultural, educação e temas afins. Neste sábado (18), a partir das 10h no Youtube da Secult Ceará, Kadma Marques conversará sobre “Travessias da memória: entre arte e artesania”.

O Café promove um encontro potente entre os visitantes e frequentadores do espaço, por meio de palestras e rodas de conversa com profissionais atuantes nas áreas. O nome do evento refere-se ao nome do primeiro proprietário da edificação e responsável por sua construção em meados do século XIX: José Lourenço de Castro e Silva. Agora, com a retomada de suas atividades abertas ao público, o “Café do Zé” retorna para a agenda cultural do equipamento cultural.

Sobre Kadma Marques

Natural de Fortaleza. Doutora em Sociologia (UFC, 2006), com estágio no exterior (Lyon/França) como bolsista do Acordo CAPES/COFECUB (2004-2005). É membro do corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS), da Universidade Estadual do Ceará (Uece), desde 2007. Foi orientadora científica no Núcleo de Pesquisa em Artes Visuais, do Museu de Arte Contemporânea (MAC/CDMAC), de 2008 a 2011, com financiamento da Funcap. Seu estágio de pós-doutorado na Université Lille 1 (2012-2013) contou com financiamento Capes. Foi Professora Visitante na Faculté d’Anthropologie, Sociologie et Science Politique (Université Lumière Lyon 2), em 2015. Em 2016, passou a integrar a rede de pesquisa luso-afro-brasileira de Sociologia da Cultura e das Artes intitulada Todas as Artes / Todos os Nomes.

Em 2017, elaborou a proposta e tem coordenado desde então o Observatório Cearense da Cultura Alimentar (OCCA). Foi Coordenadora do PPGS/UECE (2015-2018), período no qual foi responsável pela gestão do Projeto de Estímulo à Cooperação Científica e Desenvolvimento da Pós-Graduação (Edital FUNCAP/CAPES 03/2015). Atualmente, integra o Comitê Gestor da Câmara Setorial de Economia Criativa, ligada à Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece). É Coordenadora do Escritório de Cooperação Internacional (ECINT), na Uece.

Tem experiência na área de Sociologia da Arte e Sociologia da Alimentação. Publicou artigos e livros no domínio da sociologia da cultura e das artes, da alimentação e da religião, a exemplo dos seguintes títulos: Barrica – o gesto que entrelaça história e vida (2002); As cores do silêncio – habitus silencioso e apropriação de pinturas em Fortaleza (2011); Práticas culturais – Contribuições franco-brasileiras para uma sociologia da arte e das políticas culturais (2011); Sociologia das artes visuais no Brasil (2012); Arte e Vida Social – pesquisas recentes no Brasil e na França (2016) (edição bilíngue); Alimentação e ciências sociais – perspectivas contemporâneas (2018) e o artigo Caleidoscópio de imagens vividas: entre formas artísticas e modos do crer na obra de José Tarcísio (2018); dentre outros.

Serviço

Sobrado Dr. José Lourenço

Café do Zé sobre “Travessias da memória: entre arte e artesania” com Kadma Marques

18 de setembro, sábado, às 10h

Youtube da Secult Ceará

Acesso à exposição Rarefeito

Terça a sexta, de 9h às 16h (acesso até às 15h30) e sábado de 9h às 13h (acesso até às 12h30)

Rua Major Facundo, 154, Centro – Fortaleza (CE)

Gratuita e aberta ao público

Uso obrigatório de máscara e protocolos de saúde