PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

CCBJ lança programação especial em alusão ao centenário de Paulo Freire

20 de setembro de 2021 - 12:11 # # #

Ascom CCBJ Texto

O legado do pensamento crítico, da educação popular, da relação opressor contra oprimido e tantas outras concepções Freireanas, norteiam e inspiram muitas ações, como a programação especial do Centro Cultural Bom Jardim –CCBJ: “Rolê Freireano”, até 30 de setembro. Em memória e comemoração à vida e obra de Paulo Freire, o CCBJ celebra com ações e atividades, presenciais e on-line, para o público em geral. A série de eventos e ações está ligada à “II Paulo Freire a Bombordo – Centenário”, uma realização da rede de escolas criativas da cultura (Secult), em que a Escola de Cultura e Artes CCBJ é integrante.

Um dos maiores pensadores da educação brasileira, educador, filósofo, referência da Pedagogia Crítica completou 100 anos de nascimento, neste domingo (19). O educador é patrono nacional da educação brasileira e da Escola de Cultura e Artes do CCBJ, que tem em sua metodologia de atuação as bases da pedagogia freireana. A pedagogia freireana e as concepções sobre formação humana são inspirações para o CCBJ, para o fazer arte e educação, deste centro cultural. Neste mês, em especial à data comemorativa, as lives e encontros da Escola foram pautados nas obras freireanas.

O Núcleo de Articulação Técnica e Especializada (NArTE), outro pilar de atuação do Centro, que responde pelas ações de atenção social também apoia suas práticas e metodologias no legado de Paulo Freire, reforçando os preceitos de que o conhecimento pŕevio das realidades do povo, é fundamental dentro do processo da arte-educação, entre crianças, jovens, adultos e idosos. A arte-educação realizada pelo NArTE se apoia na perspectiva metodológica da Educação Social, de Paulo Freire. Tem como objetivo geral utilizar a cultura como ferramenta para a promoção de Direitos Humanos, vinculadas a conceitos como: dialogicidade, vínculo e horizontalidade, partindo do CCBJ como epicentro da incidência sócio pedagógica.

O CCBJ, por meio do NArTE, vem com uma série de ações presenciais e virtuais, uma delas é o Desafio do Rolê Freireano, que acontece pelo Instagram CCBJ, onde os seguidores são desafiados a partilhar leituras sobre o legado freireano, durante o mês de setembro. Nas redes sociais CCBJ e no site www.ccbj.org.br está a programação completa do Rolê Freireano, que vem com a proposta de manter viva a memória e o legado do mestre e professor.

Outra iniciativa é a ação interna “Correio Freireano”, no qual os colaboradores do CCBJ, durante o mês, poderão depositar uma carta em formato on-line ou presencial, para um colega de trabalho ou falando de um momento especial vivenciado no CCBJ. O momento terá uma culminância do dia 30 de setembro com a entrega aos destinatários e a leitura das cartas, na Praça Central do CCBJ. A ação tem como objetivo integrar as equipes que estão passando pela transição do remoto/presencial e híbrido, estabelecendo vínculos de afeto e amorosidade, assim como Paulo Freire apostava em suas ações dialógicas.

Um dos pontos altos da programação é a live “Paulo Freire, o andarilho da utopia”, pela plataforma Zoom do artista, em apresentação única com transmissão pelo o Youtube CCBJ. A peça é sucesso no Brasil inteiro e enaltece os ensinamentos e a obra de Paulo Freire. Richard Riguetti (ator), Luiz Antonio (encenação) e Júnio Santos (dramaturgia) decidiram levar para os palcos a emocionante e inspiradora vida de Paulo Freire. O espetáculo, que estreou em 2019, em Vitória do Espírito Santo, vem sendo premiado e já percorreu vários 12 estados e 37 cidades brasileiras e chega novamente ao Ceará, nos palcos virtuais do CCBJ. O espetáculo acontece pela plataforma Zoom, em única apresentação, com participação interativa do público e transmitido em tempo real pelo Youtube CCBJ, seguido de bate-papo com Richard Riguetti (ator, diretor artístico, palhaço e fundador do Grupo Off-Dina e da Escola Livre de Palhaço, reúne mais de 30 anos de experiência em teatro ), a professora Ruth Cavalcante mediação (educadora biocêntrica agraciada com a Medalha Paulo Freire e com o Diploma Mulher-Cidadã Berta Lutz, conferido pelo Senado Federal, mediados por Isabel Mayara (jornalista, gestora de comunicação do CCBJ e estudante das obras de Paulo Freire).

Sobre o CCBJ

O Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ) é uma política pública que se constitui em centro cultural de base comunitária, vinculado à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), gerido pela Organização Social Instituto Dragão do Mar (IDM). O equipamento cultural nasce da luta popular, em 2006, e mantém como diretriz o acesso e a democratização no campo das artes, das culturas e dos Direitos Humanos, atuando prioritariamente, no território do Grande Bom Jardim (GBJ), composto pelos bairros Canindezinho, Granja Lisboa, Bom Jardim, Granja Portugal e Siqueira. Atualmente, o CCBJ sustenta-se em três pilares de atuação: fruição e difusão por meio da Ação Cultural; pesquisa, formação básica, técnica e extensiva em seis programas de atuação (Dança, Música, Teatro, Audiovisual, Cultura de Digital e Acessibilidade) pela Escola de Cultura e Artes CCBJ; e atenção social, por meio do Núcleo de Articulação Técnica Especializada (NArTE), que atua nos eixos Educação Social, Cultura e Infância, Articulação Comunitária, Psicologia Comunitária e Assistência Social.

Sobre o “II Paulo Freire a Bombordo – Centenário”

Desde março, a rede de escolas criativas da cultura (Secult) realizou diversos eventos virtuais para celebrar o legado de Freire, durante o “II Paulo Freire a Bombordo – Centenário”. Além do CCBJ, integram a rede a Escola Porto Iracema das Artes, a Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho e a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco.