PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Biblioteca Pública divulga programação híbrida e diversificada de 25 a 30 de setembro

24 de setembro de 2021 - 17:13 # # # # #

Ascom Bece

A Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece), equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult), gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar – IDM, realiza neste final de semana a programação infantil “Contação de História: um Jeito Diferente”, com Nágila Camelo. A entrada é gratuita e para ter acesso é necessário agendamento prévio no site.

Na terça-feira (28), a arte-educadora Simone Barreto é a convidada do programa Histórias de Quem Lê. O projeto Travessias Literárias, na quarta-feira (29), a Bece revisita o catálogo raisonné do artista cearense Leonilson (1957-1993), comentado pelo professor e pesquisador Lúcio Flávio Gondim.

Estreia no dia 30 de setembro, a 2ª temporada do programa “Livros Abertos”. Com curadoria da socióloga e professora Glória Diógenes, o tema “Lúdico, a imaginação e a fruição: fabulações da infância” marca a volta do programa. Também no dia 30 de setembro, a escritora Alê Oliveira lança o livro “Ester conhece Paulo Freire”.

Programação Educativa

Na segunda (27), acontece o encerramento do curso “Fortaleza Literária: Romances e Espaços Urbanos”, facilitado por Charles Ribeiro. As inscrições para a oficina “Meu Primeiro Caderno”, com Mateus Alves, estão abertas até segunda (27). Com carga horária de 2h, a oficina terá três turmas distintas e acontecerá de forma presencial.

CONFIRA O RESUMO DA PROGRAMAÇÃO:

Presencial*:

Dias 25 e 26, às 10h30 e 14h30 – Contação de História – “Um Jeito Diferente”, com Nágila Camelo

Dia 28 e 29, às 10h e 15h (somente quarta) – Oficina “Meu Primeiro Caderno”, com Mateus Alves

Virtual:

Dia 27, às 15h – Arte em Rede | Encerramento do curso “Fortaleza Literária: Romances e Espaços Urbanos”, facilitado por Charles Ribeiro – Google Meet

Dia 28, às 18h – Programa “Histórias de Quem Lê recebe Simone Barreto”, arte-educadora.

Dia 29, às 15h – Programa “Travessias Literárias – Leonilson comentado por Lúcio Flávio”, pesquisador e professor.

Dia 30, às 9h – Lançamento do Livro “Ester conhece Paulo Freire”, de Alê Oliveira.

Dia 30, às 19h – Programa Livros Abertos – “Lúdico, a imaginação e a fruição: fabulações da infância”.

*Faz-se necessário o uso obrigatório de máscara, álcool em gel e distanciamento social, de acordo com os protocolos recomendados no combate ao Covid-19.

PROGRAMAÇÃO POR ORDEM CRONOLÓGICA

DIA 25 e 26/09 – SÁBADO E DOMINGO

10h30 e 14h30 – Contação de História – “Um Jeito Diferente”, com Nágila Camelo

Setor Infantil

Mediante agendamento: Cada família pode agendar no máximo quatro pessoas, entre adultos e crianças, por agendamento. https://bece.cultura.ce.gov.br/servicos/

Nágila Camelo executa, desde 2013, o projeto Bora Animar, levando diversão criativa para as crianças em eventos, festas de aniversário e muito mais! Estudou pedagogia na UECE, é professora particular e voluntária em projetos sociais no Cumbuco. Já ganhou prêmios nacionais e ama seu trabalho com as crianças cantando e contando histórias de um jeito muito interativo e inclusivo.

DIA 27/09 – SEGUNDA-FEIRA

15h – Arte em Rede | Encerramento do curso “Fortaleza Literária: Romances e Espaços Urbanos”, facilitado por Charles Ribeiro

Google Meet

Um mergulho sobre a cidade de Fortaleza nos seus variados aspectos, é o que propõe Charles Ribeiro, professor de Literatura e Doutor em Literatura Comparada, no curso “Fortaleza literária: romances e espaços urbanos”. Selecionado na convocatória para seleção de projetos em formato digital, “Arte em Rede”, o curso examinará a cidade de Fortaleza nos seus variados aspectos. Enfatizando as representações ficcionais do espaço urbano em seus contrastes e mutações, além de desenvolver a interdisciplinaridade entre a Literatura, a História e o Urbanismo, Charles propõe um estudo de quatro romances clássicos de autores cearenses que têm a cidade de Fortaleza como principal cenário para o desenvolvimento de suas tramas, são eles: “A afilhada” (1889), de Oliveira Paiva; “A Fome” (1890), de Rodolfo Teófilo; “A normalista” (1893), de Adolfo Caminha e um romance do regionalismo de 30, “O Quinze” (1930), de Rachel de Queiroz.

DIA 28/09 – TERÇA-FEIRA

10h – Oficina “Meu Primeiro Caderno”, com Mateus Alves

Inscrições: 24 a 27 de setembro, via formulário: https://bit.ly/3AFDl2c

Dias: 28 e 29 de setembro

Vagas: 20 por turma

Horário: na terça (28), às 10h, e na quarta, às 10h e 14h.

Local: Espaço Multiuso da Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece). Avenida Presidente Castelo Branco 255 – Fortaleza, CE.

Com carga horária de 2h, a oficina terá três turmas distintas e acontecerá de forma presencial: na terça (28), às 10h, e na quarta (29), às 10h, e a última turma, às 14h. A oficina tem o objetivo de introduzir os alunos e as alunas no universo da encadernação e produzir o seu primeiro caderno. Mateus irá explicar um pouco da história da encadernação e a sua importância, referências, estrutura do caderno, alguns exemplos de encadernação, além de mostrar as ferramentas utilizadas. Por ser uma atividade presencial, faz-se necessário o uso obrigatório de máscara, álcool em gel e distanciamento social, de acordo com os protocolos recomendados no combate à Covid-19.

18h – Programa “Histórias de Quem Lê recebe Simone Barreto”, arte-educadora.

Youtube Bece

Mediação: Fernanda Meireles, artista, educadora e coordenadora da Ação Cultural e Educativa da Biblioteca Pública.

Simone é arte educadora. Desenha, borda e costura. Ministra cursos e aulas de artes para crianças e adultos. Desenvolve pesquisas independentes sobre narrativas femininas autobiográficas na arte contemporânea, a divisão sexual do trabalho no campo e na cidade, corpo e maternidade. Como artista participou de residências artísticas, exposições coletivas e individuais. Mestranda em Ensino e Relações Étnico-Raciais pela Universidade Federal do Sul da Bahia e graduada em Artes Visuais pelo Instituto Federal do Ceará (2006).

DIA 29/09 – QUARTA-FEIRA

10h e 15h – Oficina “Meu Primeiro Caderno”, com Mateus Alves

Inscrições: 24 a 27 de setembro, via formulário: https://bit.ly/3AFDl2c

Dias: 28 e 29 de setembro

Vagas: 20 por turma

Horário: na terça (28), às 10h, e na quarta, às 10h e 14h.

Local: Espaço Multiuso da Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece). Avenida Presidente Castelo Branco 255 – Fortaleza, CE

15h – Programa “Travessias Literárias – Leonilson comentado por Lúcio Flávio”, pesquisador e professor

Youtube Bece

Mediação: Fernanda Meireles, artista, educadora e coordenadora da Ação Cultural e Educativa da Biblioteca Pública.

O programa “Travessias Literárias” revisita a relevante obra do artista cearense Leonilson (1957-1993). Esta edição recebe o professor e pesquisador Lúcio Flávio, que irá comentar o primeiro catálogo raisonné de um artista contemporâneo falecido a ser lançado no Brasil. Disponível para consulta no setor Atualidades da Bece, o catálogo raisonné de Leonilson é composto por 3 volumes, com 3.400 registros entre obras, estudos e projetos realizados pelo artista, dispostos em ordem cronológica, acondicionados em uma linda caixa luva. A publicação é bilíngue (português/inglês), traz textos técnicos e críticos, além de listas de exposições, eventos e referências bibliográficas. Uma ferramenta única para apreciadores, curadores, pesquisadores, profissionais do mercado de arte e instituições culturais.

DIA 30/09 – QUINTA-FEIRA

09h – Lançamento do Livro “Ester conhece Paulo Freire”, de Alê Oliveira

Setor Infantil

Mediante agendamento: Cada família pode agendar no máximo quatro pessoas, entre adultos e crianças, por agendamento. https://bece.cultura.ce.gov.br/servicos/

Ester é uma menina que tem medo de compartilhar suas ideias com os colegas. Mas a professora Dalva propõe um desafio que vai transformar seu mundo. Este livro é uma homenagem a Paulo Freire e a todos os educadores que fazem, na práxis, uma educação dialógica.

 

19h – Programa Livros Abertos – “Lúdico, a imaginação e a fruição: fabulações da infância”

Youtube Bece

Convidadas: Gorette Costa e Stella Torelli

Mediação e Curadoria: Glória Diógenes

 

Com curadoria da socióloga e professora Glória Diógenes, o mote do programa é o acontecimento, a instauração, o dar corpo e voz às palavras. Com o tema “Lúdico, a imaginação e a fruição: fabulações da infância”, a live contará com a participação de Gorette Costa, contadora de histórias, e Stella Torelli, criança leitora e escritora de 9 anos. A mediação será feita por Glória Diógenes. A volta do programa traz ao debate as narrativas que traçam histórias vividas, imaginadas e desenhadas. Coloca no centro da discussão o “leitor” que ainda não lê, o que escuta desenhando enredos e paisagens da criação. Aquele que ainda tropeça nas letras, ao percorrer nomes e cores, cria suas próprias histórias.

A Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece), equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult), gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar – IDM, realiza neste final de semana a programação infantil “Contação de História: um Jeito Diferente”, com Nágila Camelo. A entrada é gratuita e para ter acesso é necessário agendamento prévio no site bece.cultura.ce.gov.br/servicos.

Na terça-feira (28), a arte-educadora Simone Barreto é a convidada do programa Histórias de Quem Lê. O projeto Travessias Literárias, na quarta-feira (29), a Bece revisita o catálogo raisonné do artista cearense Leonilson (1957-1993), comentado pelo professor e pesquisador Lúcio Flávio Gondim.

Estreia no dia 30 de setembro, a 2ª temporada do programa “Livros Abertos”. Com curadoria da socióloga e professora Glória Diógenes, o tema “Lúdico, a imaginação e a fruição: fabulações da infância” marca a volta do programa. Também no dia 30 de setembro, a escritora Alê Oliveira lança o livro “Ester conhece Paulo Freire”.

Programação Educativa

Na segunda (27), acontece o encerramento do curso “Fortaleza Literária: Romances e Espaços Urbanos”, facilitado por Charles Ribeiro. As inscrições para a oficina “Meu Primeiro Caderno”, com Mateus Alves, estão abertas até segunda (27). Com carga horária de 2h, a oficina terá três turmas distintas e acontecerá de forma presencial.

CONFIRA O RESUMO DA PROGRAMAÇÃO:

Presencial*:

Dias 25 e 26, às 10h30 e 14h30 – Contação de História – “Um Jeito Diferente”, com Nágila Camelo

Dia 28 e 29, às 10h e 15h (somente quarta) – Oficina “Meu Primeiro Caderno”, com Mateus Alves

Virtual:

Dia 27, às 15h – Arte em Rede | Encerramento do curso “Fortaleza Literária: Romances e Espaços Urbanos”, facilitado por Charles Ribeiro – Google Meet

Dia 28, às 18h – Programa “Histórias de Quem Lê recebe Simone Barreto”, arte-educadora.

Dia 29, às 15h – Programa “Travessias Literárias – Leonilson comentado por Lúcio Flávio”, pesquisador e professor.

Dia 30, às 9h – Lançamento do Livro “Ester conhece Paulo Freire”, de Alê Oliveira.

Dia 30, às 19h – Programa Livros Abertos – “Lúdico, a imaginação e a fruição: fabulações da infância”.

*Faz-se necessário o uso obrigatório de máscara, álcool em gel e distanciamento social, de acordo com os protocolos recomendados no combate ao Covid-19.

PROGRAMAÇÃO POR ORDEM CRONOLÓGICA

DIA 25 e 26/09 – SÁBADO E DOMINGO

10h30 e 14h30 – Contação de História – “Um Jeito Diferente”, com Nágila Camelo

Setor Infantil

Mediante agendamento: Cada família pode agendar no máximo quatro pessoas, entre adultos e crianças, por agendamento. https://bece.cultura.ce.gov.br/servicos/

Nágila Camelo executa, desde 2013, o projeto Bora Animar, levando diversão criativa para as crianças em eventos, festas de aniversário e muito mais! Estudou pedagogia na UECE, é professora particular e voluntária em projetos sociais no Cumbuco. Já ganhou prêmios nacionais e ama seu trabalho com as crianças cantando e contando histórias de um jeito muito interativo e inclusivo.

DIA 27/09 – SEGUNDA-FEIRA

15h – Arte em Rede | Encerramento do curso “Fortaleza Literária: Romances e Espaços Urbanos”, facilitado por Charles Ribeiro

Google Meet

Um mergulho sobre a cidade de Fortaleza nos seus variados aspectos, é o que propõe Charles Ribeiro, professor de Literatura e Doutor em Literatura Comparada, no curso “Fortaleza literária: romances e espaços urbanos”. Selecionado na convocatória para seleção de projetos em formato digital, “Arte em Rede”, o curso examinará a cidade de Fortaleza nos seus variados aspectos. Enfatizando as representações ficcionais do espaço urbano em seus contrastes e mutações, além de desenvolver a interdisciplinaridade entre a Literatura, a História e o Urbanismo, Charles propõe um estudo de quatro romances clássicos de autores cearenses que têm a cidade de Fortaleza como principal cenário para o desenvolvimento de suas tramas, são eles: “A afilhada” (1889), de Oliveira Paiva; “A Fome” (1890), de Rodolfo Teófilo; “A normalista” (1893), de Adolfo Caminha e um romance do regionalismo de 30, “O Quinze” (1930), de Rachel de Queiroz.

DIA 28/09 – TERÇA-FEIRA

10h – Oficina “Meu Primeiro Caderno”, com Mateus Alves

Inscrições: 24 a 27 de setembro, via formulário: https://bit.ly/3AFDl2c

Dias: 28 e 29 de setembro

Vagas: 20 por turma

Horário: na terça (28), às 10h, e na quarta, às 10h e 14h.

Local: Espaço Multiuso da Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece). Avenida Presidente Castelo Branco 255 – Fortaleza, CE.

Com carga horária de 2h, a oficina terá três turmas distintas e acontecerá de forma presencial: na terça (28), às 10h, e na quarta (29), às 10h, e a última turma, às 14h. A oficina tem o objetivo de introduzir os alunos e as alunas no universo da encadernação e produzir o seu primeiro caderno. Mateus irá explicar um pouco da história da encadernação e a sua importância, referências, estrutura do caderno, alguns exemplos de encadernação, além de mostrar as ferramentas utilizadas. Por ser uma atividade presencial, faz-se necessário o uso obrigatório de máscara, álcool em gel e distanciamento social, de acordo com os protocolos recomendados no combate à Covid-19.

18h – Programa “Histórias de Quem Lê recebe Simone Barreto”, arte-educadora.

Youtube Bece

Mediação: Fernanda Meireles, artista, educadora e coordenadora da Ação Cultural e Educativa da Biblioteca Pública.

Simone é arte educadora. Desenha, borda e costura. Ministra cursos e aulas de artes para crianças e adultos. Desenvolve pesquisas independentes sobre narrativas femininas autobiográficas na arte contemporânea, a divisão sexual do trabalho no campo e na cidade, corpo e maternidade. Como artista participou de residências artísticas, exposições coletivas e individuais. Mestranda em Ensino e Relações Étnico-Raciais pela Universidade Federal do Sul da Bahia e graduada em Artes Visuais pelo Instituto Federal do Ceará (2006).

DIA 29/09 – QUARTA-FEIRA

10h e 15h – Oficina “Meu Primeiro Caderno”, com Mateus Alves

Inscrições: 24 a 27 de setembro, via formulário: https://bit.ly/3AFDl2c

Dias: 28 e 29 de setembro

Vagas: 20 por turma

Horário: na terça (28), às 10h, e na quarta, às 10h e 14h.

Local: Espaço Multiuso da Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece). Avenida Presidente Castelo Branco 255 – Fortaleza, CE

15h – Programa “Travessias Literárias – Leonilson comentado por Lúcio Flávio”, pesquisador e professor

Youtube Bece

Mediação: Fernanda Meireles, artista, educadora e coordenadora da Ação Cultural e Educativa da Biblioteca Pública.

O programa “Travessias Literárias” revisita a relevante obra do artista cearense Leonilson (1957-1993). Esta edição recebe o professor e pesquisador Lúcio Flávio, que irá comentar o primeiro catálogo raisonné de um artista contemporâneo falecido a ser lançado no Brasil. Disponível para consulta no setor Atualidades da Bece, o catálogo raisonné de Leonilson é composto por 3 volumes, com 3.400 registros entre obras, estudos e projetos realizados pelo artista, dispostos em ordem cronológica, acondicionados em uma linda caixa luva. A publicação é bilíngue (português/inglês), traz textos técnicos e críticos, além de listas de exposições, eventos e referências bibliográficas. Uma ferramenta única para apreciadores, curadores, pesquisadores, profissionais do mercado de arte e instituições culturais.

DIA 30/09 – QUINTA-FEIRA

09h – Lançamento do Livro “Ester conhece Paulo Freire”, de Alê Oliveira

Setor Infantil

Mediante agendamento: Cada família pode agendar no máximo quatro pessoas, entre adultos e crianças, por agendamento. https://bece.cultura.ce.gov.br/servicos/

Ester é uma menina que tem medo de compartilhar suas ideias com os colegas. Mas a professora Dalva propõe um desafio que vai transformar seu mundo. Este livro é uma homenagem a Paulo Freire e a todos os educadores que fazem, na práxis, uma educação dialógica.

 

19h – Programa Livros Abertos – “Lúdico, a imaginação e a fruição: fabulações da infância”

Youtube Bece

Convidadas: Gorette Costa e Stella Torelli

Mediação e Curadoria: Glória Diógenes

 

Com curadoria da socióloga e professora Glória Diógenes, o mote do programa é o acontecimento, a instauração, o dar corpo e voz às palavras. Com o tema “Lúdico, a imaginação e a fruição: fabulações da infância”, a live contará com a participação de Gorette Costa, contadora de histórias, e Stella Torelli, criança leitora e escritora de 9 anos. A mediação será feita por Glória Diógenes. A volta do programa traz ao debate as narrativas que traçam histórias vividas, imaginadas e desenhadas. Coloca no centro da discussão o “leitor” que ainda não lê, o que escuta desenhando enredos e paisagens da criação. Aquele que ainda tropeça nas letras, ao percorrer nomes e cores, cria suas próprias histórias.