PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Hospital São José celebra recuperação de 1.500 pacientes com Covid-19 durante pandemia

24 de setembro de 2021 - 14:06 # # # #

Diego Sombra - Ascom HSJ - Texto e Fotos

Até quinta-feira (23), 1.509 pacientes se recuperaram de Covid-19 no HSJ

O Hospital São José (HSJ), da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), alcançou a marca de 1.509 pacientes recuperados de Covid-19 durante a pandemia nesta semana. Como forma de celebrar o número de altas registradas nos últimos dois anos na instituição, profissionais da unidade ergueram balões dourados, formando a frase “1.500 vidas salvas”. O momento reuniu cerca de 50 colaboradores, entre funcionários da assistência e de outras áreas.

“Todas as vidas salvas possuem um valor incalculável para nós do Hospital São José. Pra quem participa dessa instituição, é um presente ter contribuído para que mais de mil e quinhentas famílias pudessem receber de volta seus parentes e, com isso, retomar a rotina. É um prazer enorme ver todas essas pessoas restabelecendo suas vidas e olhar para trás e saber que todo nosso trabalho e empenho valeram a pena”, afirma Edson Buhamra, diretor-geral do HSJ.

Funcionários do HSJ comemoraram o aniversário do Sistema Único de Saúde, que completou 31 anos neste mês

Durante a celebração, os funcionários também comemoraram o aniversário do Sistema Único de Saúde (SUS), que completou 31 anos neste mês. A ação foi organizada pela Assessoria de Comunicação do Hospital São José e pela equipe do Serviço Social da unidade. “O SUS é muito importante para a população brasileira, tendo em vista que, em cada dez brasileiros, sete utilizam o SUS de forma direta do ponto de vista assistencial, mas todos os brasileiros usam o SUS. Fica muito claro que, se nós não tivéssemos essa grande arquitetura do SUS, com seus níveis de atenção, dificilmente conseguiríamos realizar o enfrentamento à pandemia”, ressalta Elisabeth Amaral, gerente do Serviço Social da unidade.

Vidas salvas

Ao todo, 675 pacientes venceram a Covid-19 no Hospital São José em 2020. Já neste ano, quando teve início a segunda onda da pandemia, 834 pessoas foram reabilitadas no equipamento. Os dados foram contabilizados pelo Núcleo Hospitalar de Epidemiologia do HSJ. Maria Nilma de Oliveira, de 70 anos, e Andréa de Oliveira, de 43, fazem parte destas estatísticas. Mãe e filha foram hospitalizadas juntas no HSJ em abril deste ano. Recuperadas, elas retornaram à unidade nesta quinta-feira para uma consulta no Ambulatório do pós-Covid, onde Maria Nilma tem sido acompanhada para tratar sequelas da doença.


Mãe e filha, Andréa e Maria Nilma foram internadas com Covid-19 no HSJ em abril deste ano e estão recuperadas

Criado em abril de 2020, o serviço realizou cerca de 800 atendimentos até agosto deste ano. “Nós temos uma gratidão enorme por todos do hospital, do médico ao zelador. No tempo em que estive aqui, pude ver de perto todo o cuidado e carinho dos profissionais comigo e com a minha mãe. Hoje, nós estamos curadas. Deus, primeiramente, e [o Hospital] São José são responsáveis por isso”, pontua Andréa.

Enfrentamento à pandemia

Referência no tratamento de doenças infectocontagiosas, o Hospital São José recebeu o primeiro paciente diagnosticado com Covid-19 no dia 20 de março de 2020 – cinco dias após a confirmação dos primeiros casos da doença no Ceará. A instituição, reconhecida pela qualidade dos serviços prestados e humanização no atendimento à população, precisou se adaptar aos desafios impostos pela pandemia. Além de investir na capacitação dos colaboradores, a unidade contratou 160 novos profissionais, entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e funcionários de outras áreas.