PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

HGCC amplia o número de mamografias e oferta 600 exames para mulheres e homens

30 de setembro de 2021 - 14:00 # # # # # #

Wescley Jorge - Ascom HGCC - Texto
Thiago Freitas - Arte gráfica

O Hospital Geral Dr. César Cals, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), oferta 600 exames de mamografia para mulheres e homens. As solicitações, que devem ser feitas por meio das Unidades Básicas de Saúde (Fortaleza) e das Secretarias Municipais de Saúde (demais cidades), começam a partir desta sexta-feira, 1º de outubro. A iniciativa busca reforçar a importância do diagnóstico e tratamento precoce do câncer de mama, tema da campanha Outubro Rosa.

Neste ano, o HGCC também chama a atenção para os casos de câncer de mama em homens. “Ele corresponde a 1%, segundo alguns estudos científicos, ou menos de 1% dos casos de câncer de mama. Como a incidência é muito pequena, não está indicada a realização de rotinas de mamografias e ultrassons”, orienta o mastologista e diretor médico do HGCC, Antonio de Pádua Almeida Carneiro.

Em homens, a realização da mamografia é necessária quando há indicação médica, após avaliação. No HGCC, este público poderá agendar o exame a partir da solicitação do profissional de saúde. “Queremos chamar atenção também para a realização da mamografia em homens. Aqueles que têm indicação do exame podem procurar o HGCC, agendar pela Unidade Básica de Saúde ou município em que mora”, pontua a enfermeira do Centro de Imagem, Gilvânia Cambraia.

Tratamento precoce

O médico Paulo Ponte Prado, chefe do Serviço de Endoscopia e Imagem do HGCC, descobriu um nódulo de aproximadamente um centímetro ao passar a mão sobre o peitoral esquerdo, quando praticava exercício físico. “Fiquei surpreso de não ter percebido antes, pois era bem evidente e o homem tem pouco tecido mamário para esconder um nódulo já tão desenvolvido”, relata.

Ele procurou logo o atendimento médico, visto que tem um caso de câncer de mama na família. Prado passou por exames e teve o diagnóstico confirmado de carcinoma ductal invasivo de 1,5 cm. Para o tratamento, foi indicada a cirurgia. O procedimento, assim como as biópsias, se deu com sucesso. O tratamento segue com radioterapia. “Eu estou bem e realizando radioterapia. Não se deve deixar abater pelo diagnóstico e confiar no tratamento”, incentiva o médico.

A importância do diagnóstico precoce de câncer de mama é essencial para o tratamento e para resultados mais satisfatórios. “Quanto mais cedo diagnosticado, maiores são as chances de cura, menos mutilante é uma cirurgia e você consegue uma preservação da estética masculina ou feminina em maior proporção de casos”, afirma Pádua Almeida Carneiro.

O diretor médico ressalta, ainda, que “as alterações no estilo de vida, como manter o peso corporal adequado, ou seja, ter uma dieta que mantém o peso sem grandes variações ao longo da vida, adotar uma alimentação saudável rica em frutas, legumes, verduras e cereais, e principalmente alimentos integrais, além de evitar alimentos processados, pode reduzir em até 50% a chance de aparecimento de tumores”.