PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Governo do Ceará autoriza construção de escola de educação profissional e obras do Sinalize na região de Crateús

15 de outubro de 2021 - 16:34 # # #

Antônio Cardoso - Comunicação Institucional Texto
Marcos Studart Fotos

Nesta sexta-feira (15), quando se comemora o Dia do Professor, o Governo do Ceará assinou em Ararendá a ordem de serviço para construção de uma Escola Estadual de Educação Profissional. Além do equipamento, lá e na cidade vizinha de Ipaporanga, também foi autorizado o início das obras do Sinalize, com extensão de 10 mil metros quadrados em cada.

A nova escola receberá aporte financeiro de R$ 13,6 milhões, oriundos dos governos estadual e federal para viabilizar a construção, que será efetuada pela empresa FT Construções Ltda. A unidade vai oferecer aos jovens de Ararendá uma estrutura padrão, composta de 12 salas de aula, auditório, biblioteca, bloco pedagógico administrativo, laboratórios específicos para os cursos técnicos oferecidos, além dos de Línguas, Informática, Ciências e Matemática.

O secretário de Relações Institucionais do Governo do Ceará, Nelson Martins, representou o governador Camilo Santana. Coube a ele autorizar o início tanto da obra da escola quanto das pavimentações asfálticas. “Quando recebi a missão dada pelo governador Camilo Santana, ele me pediu que avisasse aos municípios que as obras precisam começar imediatamente”, informou.

Nelson Martins afirmou, ainda, que os recursos tanto do Sinalize quanto da escola já estão disponíveis. “São muitas obras e, por isso, o Ceará é o primeiro no Brasil em investimentos. Quando o Estado realiza uma obra, são vários os benefícios que chegam junto a ela, como a geração de emprego e renda. Não existe nada mais importante que uma escola profissionalizante. E não há nenhum outro estado com tantas em todo o Brasil. Elas capacitam a juventude e atraem empresas que geram empregos”, ressaltou Nelson Martins.

O prefeito de Ararendá, Alexandre Félix, comemorou os benefícios. “Temos que comemorar porque a nova escola vai capacitar mão de obra e fomentar nossa economia”, afirmou. “Temos que avançar. Ararendá progride a cada dia. Essa escola que o Governo do Ceará traz para Ararendá é a realização de um sonho de muito tempo. Com o importante apoio que nós prefeitos temos recebido, o trabalho não parou nem diante da pandemia. Exemplo claro a gente vê hoje com as assinaturas para o início das obras da escola e da recuperação de nossas estradas”.

De Ararendá o secretário Nelson Martins partiu para Ipaporanga, onde assinou a ordem de serviço do Sinalize. O município também localizado na região de Crateús vai receber 10 mil metros quadrados de asfalto.

“Esta parceria do Governo do Ceará com os municípios é de extrema importância para o melhoramento das vias e consequentemente para a segurança. É uma obra que contribui para os deslocamentos e deixa as cidades mais bonitas”, definiu o prefeito de Ipaporanga, Amaro Pereira.

Satisfação

O estudante Antônio José não escondia a empolgação e chegou cedo à Câmara de Ararendá onde acompanhou as assinaturas para o início das obras. “Estudar numa escola com toda estrutura adequada para o aprendizado faz toda a diferença. Eu estou no 9º ano, mas isso não significa que esteja triste por não ter a chance de estudar na nova escola. Pelo contrário, fico feliz e estou empolgado para ver meus amigos e familiares mais novos tendo a oportunidade de estudar numa escola excelente”, comemorou José.

Zicodílio Lopes é motorista e também guia motos pelas ruas de Ipaporanga. Para ele, ruas asfaltadas e sinalizadas significam ganho de tempo, segurança, conforto e economia de combustível. “Quando a pista está boa a gente consegue chegar mais rápido ao destino. Claro que seguindo as leis e cuidando da nossa segurança. Mas até nisso a sinalização ajuda”, aponta o senhor Zico.

Escola de Educação Profissional

Nas escolas de educação profissional, é ofertado o Ensino Médio integrado a formações técnicas, com duração de três anos, e funcionamento diário em tempo integral, das 7h às 17h, com três refeições. Os alunos aprendem uma profissão ao mesmo tempo em que cursam os três últimos anos da educação básica. No 3º ano, o Governo do Ceará promove o estágio curricular obrigatório e remunerado para os alunos.

A EEEP de Ararendá fará parte da Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 13, sediada em Crateús, e dirigida pela professora Fátima Farias Aragão. A rede pública nesta regional conta com 14 mil alunos matriculados nas 39 escolas estaduais. Desse total, são seis Escolas Estaduais de Educação Profissional, além de um Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) e um Centro Cearense de Idiomas (CCI).

A Crede 13 abrange os seguintes municípios: Ararendá; Catunda; Independência; Ipaporanga; Ipueiras; Monsenhor Tabosa; Nova Russas; Novo Oriente; Poranga e Tamboril.

Participaram das assinaturas o deputado federal José Guimarães, além dos deputados estaduais Jeová Mota e Moisés Braz. A diretora da Crede 13, Fátima Aragão, prefeitos e lideranças políticas da região de Crateús também estiveram presentes.