PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Serviço de Verificação de Óbito: assistência social acolhe e garante direitos de familiares

19 de outubro de 2021 - 15:47 # # # # # #

Suzana Mont'Alverne - Ascom Sesa - Texto
Saulo Cruz - Arte gráfica

O Serviço de Verificação de Óbito Dr. Rocha Furtado (SVO) é a unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) que tem o papel de esclarecer as causas dos óbitos por morte natural, em situações sem assistência médica ou sem elucidação diagnóstica, mesmo com assistência de profissionais da saúde. A busca pelo serviço é um dos momentos delicados e sensíveis para famílias que perderam pessoas queridas. Compreendendo isso, o equipamento possui um atendimento humanizado, por meio da equipe de Serviço Social.

A atenção às famílias começa já na recepção, na entrada do corpo no SVO, e segue até a liberação do cadáver. Os profissionais realizam o acolhimento de familiares, traçam o perfil socioeconômico e orientam quanto aos direitos e trâmites legais que envolvem o óbito.

A assistente social da unidade, Márcia Andrade, explica de que forma o trabalho é desenvolvido. “Nós, do Serviço Social, buscamos garantir a cidadania e os direitos sociais do cidadão. Buscamos dar ao familiar, neste momento tão difícil, o apoio com uma escuta qualificada e direcionamento quanto aos seus direitos”.

O auxílio funeral é um deles. Por isso, traçar o perfil socioeconômico de familiares é importante, visto que possibilita um olhar qualificado para atender às demandas relativas à cidadania no pós-morte. “Esse benefício é cedido em casos em que a família não consegue arcar com as despesas, viabilizando, assim, uma assistência digna ao cidadão”, comenta Andrade. Os familiares são orientados pelo Serviço Social da unidade, ainda, sobre outros tipos de auxílios: pensão por morte, seguro de vida e aposentadoria. O serviço estabelece também contato com o consulado do país de origem quando ocorre um óbito de estrangeiro.

Assistência

O diagnóstico da causa real do óbito possibilita benefícios para a comunidade, com impacto positivo na saúde e na proteção social, permitindo a elaboração de políticas de saúde e aumentando a eficácia das ações. O SVO, vinculado à Vigilância em Saúde da pasta estadual, também atua no combate e controle de doenças que ameaçam a vida da população.

A unidade disponibiliza atendimento domiciliar por meio do SVO Móvel para pessoas idosas, com diagnósticos firmados via documentação clínica. Há uma equipe composta por médicos e assistentes sociais. Além disso, médicos em equipamentos de saúde, inclusive no interior do Estado, têm acesso a orientações sobre preenchimento das Declarações de Óbito e a outros encaminhamentos relativos à assistência à morte.