PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Brigadistas vão inibir e combater uso indevido do fogo nas unidades de conservação estaduais

28 de outubro de 2021 - 10:32 # # # # # #

Ascom Sema - Texto

Dezenove brigadistas assinaram na tarde dessa quarta-feira, o Termo de Admissão como servidor temporário, na função de Brigadista Florestal, “para prevenção e combate a incêndios florestais em atendimento à necessidade excepcional de interesse público, do Sistema Estadual do Meio Ambiente (Siema) e Unidades de Conservação (UCs) estaduais”. O evento presencial ocorrido no Centro de Referência do Parque Estadual do Cocó foi transmitido para o canal do youtube da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e contou com a participação do titular da Sema, Artur Bruno e convidados.

Na ocasião, a brigadista Melânia dos Santos Cardosa assinou de forma simbólica com o secretário e em representação aos demais colegas, o Termo de Admissão. Bruno agradeceu a colaboração do Programa de Prevenção, Monitoramento, Controle de Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais (Previna) e do Pevfogo do Ibama, na realização da capacitação dos novos profissionais e destacou a disponibilidade e o esforço de todos no processo. “Agradeço aos que se dispuseram a participar dessa capacitação e que estão aptos a atuar na prevenção e combate ao fogo, nas UCs”, disse.

Para Melânia foi um desafio. “Eu sempre busquei me habilitar nessa profissão mas nunca tinha tido a oportunidade, agora deu certo”, revelou. Segundo ela, talvez por ser uma das poucas mulheres – são apenas duas no grupo – o trabalho de brigadista parecia pesado, “tipo serviço só para homens”, porém recebeu apoio dos colegas. “As vezes eu pensava em desistir e eles me incentivavam a seguir em frente, o que foi maravilhoso. O nosso grupo é muito unido e forte. Estou muito honrada de fazer parte disso tudo, ter participado do Previna e agora fazer parte dessa família e proteger o meio ambiente”, contou.

Uma brigada especializada

Se a questão é seguir protegendo o meio ambiente, de acordo com o coordenador do Previna – Ceará e Articulador das UCs estaduais, Leonardo Borralho, mesmo depois de 80 horas de treinamento, os brigadistas continuarão sendo capacitados. Já estão visitando as UCs, fazendo prevenção e conhecendo um pouco das peculiaridades das áreas protegidas. Eles também estão conversando com as comunidades, fazendo com que ocorra uma aproximação institucional da Sema com as mesmas. “Quando o brigadista está presente, as pessoas que querem fazer uso indevido do fogo ficam inibidas e acabam recuando”, destaca.

De acordo com o Termo de Admissão o contratado será um Servidor Temporário na função de Brigadista Florestal. Para Borralho, ele terá um papel muito importante, tanto na prevenção como nas ocorrências adversas, “que infelizmente ocorrerão”, mas que agora serão de menor impacto, se comparado ao que ocorria em outrora. “Formamos uma brigada especializada, o nosso alcance vai ser muito maior e quando prevenimos o incêndio florestal não estamos só prevenindo o uso do fogo de forma desordenada, mas estamos prevenindo também a caça, o tráfico de animais silvestres, o desmatamento, a especulação imobiliária e etc. Ser brigadista, vai além de apagar incêndios.”

Participação

Participaram da solenidade de diplomação e também da entrega dos certificados aos brigadistas, os seguintes convidados: o Comandante – Geral Ronaldo Roque de Araújo, do Corpo de Bombeiros do Ceará, representando o Secretário de Segurança Pública do Ceará; a Secretária de Planejamento e Gestão da SEMA, Maria Dias; o Superintendente do IBAMA, Luiz César Barbosa Lopes; representando a Coordenação Regional do ICMBio, Samuel Bezerra; representando a Diretoria de Fiscalização da Semace, Pablo Mapurunga; Coordenador Estadual da Defesa Civil, Coronel Alberto Arruda; Comandante da Inspetoria de Proteção Ambiental do Município, Comandante Edvan Avelino; a coordenadora de Políticas Ambientais da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza, Viviane Damasceno; o coordenador do PREVFOGO-IBAMA, Kurtis Bastos; a coordenadora de Biodiversidade da Sema, Doris Day Santos; o Getsor do Parque Estadual do Cocó, Paulo Lira; e o representante da ONG Jovens Infantes do Ceará, Francisco Júlio dos Santos Batista.

Saiba mais

Em setembro último, o Governo do Ceará, por meio da Sema, abriu processo seletivo simplificado para provimento de vagas de Brigadistas Florestais por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público, nos termos do Inciso XIV do artigo 145 da Constituição Estadual.

O Termo de admissão é fundamentado no Art. 37, inciso IX da CF, a LC 175/2017, a LC 253/2021, a Portaria ministerial 78/2021, o Edital SEMA 04/2021 e a Lei 9.826/74, sancionada pelo governador Camilo Santana, publicada no Diário Oficial do estado do Ceará em 09/09/2021.