PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Polícia Civil deflagra operação e prende suspeitos envolvidos em homicídios na Capital

25 de novembro de 2021 - 15:06 # # # # # #

Ascom PC-CE - Texto

Em um trabalho contínuo de combate às ações criminosas, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (25), uma operação para retirar de circulação homens e mulheres envolvidos em homicídios na Capital. A ofensiva, que resultou nas prisões de quatro pessoas, foi realizada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) com apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core).

O foco da ação policial foi capturar pessoas envolvidas em homicídios registrados nos últimos meses em Fortaleza. O cumprimento dos mandados de prisões preventivas e temporárias ocorreu nos bairros Prefeito José Walter, Barroso e Mondubim – Área Integrada de Segurança 3 e 9 (AIS 3 e 9) de Fortaleza. Um dos presos foi identificado por Lucas Lima da Silva, de 24 anos. Lucas, que é conhecido como “Levada”, estava com mandado de prisão temporária em aberto pelo crime de homicídio, registrado em agosto deste ano. Segundo informações policiais, ele e um comparsa mataram, com disparos de arma de fogo, um homem de 29 anos.

O segundo mandado de prisão temporária pelo crime de homicídio foi cumprido em desfavor de Cleber Lázaro Gameleira, 33. Ele, que possui antecedentes criminais por roubo, é investigado por participar de um homicídio registrado em abril deste ano. Na ocasião, a vítima, um homem de 26 anos, foi morto por disparo de arma de fogo, em via pública. Já Jales Barbosa da Silva, de 46 anos, foi preso preventivamente por participar de um homicídio ocorrido no ano 2000. Jales, que até então não possuía antecedentes criminais, foi capturado em casa e não reagiu à ofensiva policial.

A última decisão judicial foi cumprida em desfavor de Yuri Nascimento Paiva, 20. Yuri e mais duas pessoas vitimaram, com uso de arma de fogo, a vida de um homem de 40 anos. O crime foi registrado em setembro deste ano, no bairro Messejana. Na ocasião, a vítima estava em via pública, quando foi atingida pelos disparos. Ele morreu no local. Diante do resultado operacional, os alvos foram conduzidos à sede do DHPP onde, neste momento, estão à disposição da Justiça.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3257-4807, do DHPP, que também é o WhatsApp do Departamento. O sigilo e o anonimato são garantidos.