PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

SPS realiza roda de conversa sobre migrantes LGBT+

26 de novembro de 2021 - 15:25 # # # #

Ascom SPS

As inscrições acontecem de forma virtual, até o dia 29 de novembro

Para trabalhar a desconstrução de preconceitos e fortalecer o enfrentamento à discriminação junto a profissionais da gestão pública, a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) realiza uma roda de conversa virtual sobre a população migrante LGBT+. O evento, com conteúdo formativo, acontece na próxima terça-feira (30), a partir das 16h.

Promovida pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para LGBT e pelo Programa Estadual de Atenção ao Migrante, Refugiado e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, a capacitação é voltada para servidores públicos e profissionais das redes de atendimento aos migrantes e às pessoas LGBT+. O objetivo é oferecer um panorama sobre a situação e os direitos de migrantes no Brasil e no mundo, bem como compartilhar experiências e reflexões sobre o atendimento à população migrante LGBT+.

“A migração LGBT+ ainda é um tema muito tímido e que precisa ser discutido. As LGBTs migrantes que buscam abrigo no Brasil, ou até mesmo de um estado brasileiro para o outro, enfrentam diversas dificuldades, muitas vezes chegando em estado de extrema vulnerabilidade. São vítimas do preconceito e da discriminação que se somam a outros desafios”, destaca o coordenador especial de Políticas Públicas para LGBT da SPS, Narciso Júnior. “A roda de conversa vem trabalhar essa temática junto a profissionais para maior importância no contexto da assistência humanitária, possibilitando dignidade e cidadania para essas pessoas”, completa.

A supervisora do Programa Estadual de Atenção ao Migrante, Refugiado e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas da SPS, Lívia Xerez, destaca a importância da formação. “Precisamos aprimorar a governança local para o acolhimento da população Migrante LGBT+. São pessoas que atravessam mares, ultrapassam fronteiras em busca de dignidade e respeito”, ressalta.

“O Estado do Ceará participa, desde 2020, do processo de certificação Migracidades, que, com o apoio da Organização Internacional para as Migrações (OIM), busca fortalecer as políticas públicas voltadas aos migrantes internacionais. Será um momento de reflexões preciosas dentro da Campanha Ceará de Todes, que contemplará também a diversidade muito além das fronteiras”, finaliza.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas aqui, até a manhã da próxima segunda-feira (29). Mais informações pelo e-mail.

Serviço

“Roda de conversa sobre a população migrante LGBT+

Data: 30 de novembro (terça-feira)

Horário: Das 16h às 18h

Local: formato virtual

Inscrições: formulário aqui