PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Papicu e Messejana recebem reuniões de propagação da cultura da paz da Codes/SSPDS

3 de dezembro de 2021 - 16:47 # # # # # #

Ascom SSPDS - Texto

A Coordenadoria de Defesa Social (Codes) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), dando continuidade às reuniões em prol do fortalecimento de laços das redes de enfrentamento à criminalidade e da propagação de uma cultura de paz, promoveu nesta semana, mais dois encontros com os representantes comunitários e profissionais das Forças de Segurança e entidades amigas. Os encontros aconteceram no Papicu, na Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10), na última quarta-feira (1), e em Messejana (AIS 3), nessa quinta-feira (2).

O encontro destinado às comunidades atendidas pelo Grande Papicu foi realizado no auditório do Instituto JCPM, no Shopping Riomar Fortaleza, reunindo representantes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), da Prefeitura de Fortaleza, além das lideranças comunitárias que fazem parte dos Conselhos Comunitários de Defesa Social (CCDS). “Foi uma reunião bastante proveitosa, pois a comunidade pode apresentar sugestões na área da segurança pública e solicitar fiscalização para a região, sendo abordadas ainda demandas de cunho de defesa social da comunidade”, destacou a capitã Sâmila Ribeiro, orientadora da Célula de Suporte de Defesa Social da Codes.

Messejana

Em Messejana, o encontro foi sediado nessa quinta-feira na sede da Secretaria Executiva Regional VI, contando com a presença maciça de comunidades desse território, de representantes da Polícia Militar do Ceará, da Prefeitura de Fortaleza e da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) da SSPDS. “Foram discutidos assuntos da segurança pública e de defesa social das comunidades. Nesses encontros, procuramos fazer valer o direito do cidadão, que ele tenha voz. Defendemos que todos os órgãos envolvidos são corresponsáveis por uma segurança pública de qualidade”, acrescentou a capitã Samila Ribeiro.