PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Núcleo Escola Estadual de Socioeducação da Seas capacita 1.552 profissionais

9 de dezembro de 2021 - 16:33 # # # # #

Marconi Alves - Ascom Seas Texto
George Braga/Arquivo Seas Fotos

O Núcleo Escola Estadual de Socioeducação da Seas, coordenado pela assistente social Jéssica Muriel, mesmo no segundo ano de pandemia do novo coronavírus, apresentou bons resultados. Nesse avanço, em 2021, consta a capacitação de 1.552 profissionais que atuam no sistema socioeducativo do estado do Ceará. Eles participaram de cursos, palestras, fóruns e oficinas de forma virtual.

“O objetivo do Núcleo Escola Estadual de Socioeducação é promover a formação continuada de servidores. Fico feliz, porque em um ano de cuidados com a Covid-19, conseguimos evoluir. Desde já agradeço o apoio de todos os atores envolvidos nesse processo de formação”, comemora Jéssica Muriel, que iniciou suas atividades na Seas em maio de 2021.

O sucesso desse trabalho passa pelas parcerias firmadas e que foram importantes ao longo do ano. A Seas contou com parceiros como: Escola de Gestão Pública do Estado do Ceará; Coordenação de Mediação, Justiça Restaurativa de Paz da Vice-Governadoria (Compaz); Núcleo de Saúde do Trabalhador da Seas; Escola de Saúde Pública do Ceará; Instituto Mundo Aflora; e Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Promoção LGBT (SPS).

Também estiveram engajados nesse projeto vitorioso: Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Psicanálise, Sujeito e Cultura do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Laepcus); Grupo de Intervenção Tática (GIT); Rede Cidadã; Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial (Ceppir-SPS); Delegacia da Criança e Adolescente; Movimento Outubro Rosa do Ceará; Comitê de Prevenção e Combate à Violência, da Assembleia Legislativa do Ceará; Conselho Gestor do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte do Ceará; e Coordenadoria Administrativo-Financeira da Seas.

Primeiro semestre

 

Dentre as atividades realizadas no primeiro semestre, destaca-se o Curso de Justiça Restaurativa e Círculos de Construção de Paz, reunindo equipe técnica e diretores dos centros socioeducativos na metodologia de ensino remoto, em parceria com a Compaz. A Covid-19 também esteve no centro das atenções. Colaboradores das unidades socioeducativas participaram da capacitação de prevenção e cuidados em relação à Covid-19. Com apoio do Núcleo de Saúde do Trabalhador da Seas, foram capacitados 177 profissionais divididos em 14 turmas.

Ainda no primeiro semestre, houve o Curso de Notificação de Violência Interpessoal e Autoprovocada, contemplando equipe técnica e coordenadores técnicos dos centros socioeducativos na modalidade remota em parceria com a Escola de Saúde Pública do Ceará. No final do primeiro semestre, o Núcleo promoveu a capacitação no Programa Vozes Multiplicadores para as socioeducadoras do Centro Socioeducativo Aldaci Barbosa, em parceria com o Mundo Aflora.

Segundo Semestre

Câncer de mama e câncer de próstata foram temas debatidos em roda de conversas e palestras para servidores e colaboradores da Seas. Outubro Rosa como promoção de saúde e autocuidado reuniu 57 profissionais que debateram o tema e obtiveram informações importantes de Valéria Mendonça, coordenadora do Movimento Outubro no Ceará. A metodologia foi presencial e contou com a parceria do Núcleo de Saúde do Trabalhador da Seas. Já a palestra virtual sobre o Novembro Azul, em parceria com o Eixo Saúde, despertou o interesse de servidores e colaboradores. Os debates foram em torno da conscientização dos homens a realizar exames periódicos da próstata que ainda mata milhares de pessoas por ano, no mundo.

Em novembro, equipe técnica, diretores e colaboradores das unidades socioeducativas de Fortaleza participaram de um importante debate, onde foi apresentado o relatório de pesquisa “Meninas do Ceará: Trajetória de Vida e Vulnerabilidades de Adolescentes Vítimas de Homicídios”. A Seas fez parceria com o Comitê de Prevenção e Combate à Violência, da Assembleia Legislativa do Ceará.

Outros temas relevantes que foram discutidos

Palestra sobre prevenção de suicídio e discussões sobre saúde mental no trabalho nos centros socioeducativos
Público Alvo: Servidores/Colaboradores
Total de capacitados: 338
Turma: 20
Carga Horária: 2h
Metodologia de ensino: Presencial e Remoto
Parceria: Núcleo de Saúde do Trabalhador da Seas.

Formação inicial para os profissionais dos centros socioeducativos
Público Alvo: Socioeducadores e equipe técnica.
Total de capacitados: 124
Turma: 5
Carga Horária: 80h
Metodologia de ensino: Presencial
Parceria: Coordenadores Seas, Delegacia da Criança e Adolescente, Ministério Público e
Coordenação de Mediação, Justiça Restaurativa e Cultura de Paz da Vice governadoria (Compaz).

Oficina de comunicação na perspectiva da igualdade racial
Público Alvo: Servidores/Colaboradores
Total de capacitados: 29
Carga Horária: 3h
Metodologia de ensino: Remoto
Parceria: Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial (Ceppir – SPS)