PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Com chegada de remessa de vacina da Janssen, população cearense que tomou este imunizante receberá dose de reforço

10 de dezembro de 2021 - 15:47 # # # #

Ascom Sesa Texto
Helene Santos - Ascom Casa Civil Foto

A administração da segunda dose da Janssen deverá ser no período entre dois e cinco meses após a primeira

Pessoas com idade a partir de 18 anos que tomaram a dose única da Janssen vão receber dose de reforço do mesmo imunizante a partir da próxima segunda-feira (13). Um lote com 20.800 doses da vacina fabricada pela Johnson & Johnson desembarcou nesta semana no Ceará e será distribuído aos municípios a partir desta sexta-feira (10).

A administração da segunda dose da Janssen deverá ser no período entre dois e cinco meses após a primeira. A orientação foi publicada pelo Ministério da Saúde por meio de nota técnica. Também de acordo com o documento, mulheres que tomaram o imunobiológico e, no momento atual, estão gestantes ou puérperas, deverão utilizar como dose de reforço o imunizante da Pfizer.

Na última terça-feira (7), a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que a população com idade a partir de 18 anos que completou o esquema vacinal (duas doses) com CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer deverão receber necessariamente a dose de reforço deste último imunizante. Os municípios cearenses podem antecipar o intervalo entre a segunda e a terceira doses de cinco para quatro meses, conforme foi pactuado durante a 8ª reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite do Ceará (CIB-CE).

De acordo com a secretária executiva de Vigilância e Regulação em Saúde da Sesa, Ricristhi Gonçalves, “a decisão é importante nesse momento em que vivemos um cenário que, possivelmente, a variante Ômicron possa ser detectada no Ceará, além de outras variantes”.

Segundo a gestora, com a proximidade das festas de fim de ano, faz-se necessário também o reforço na imunidade de pessoas que tomaram a segunda dose há mais tempo. “É fundamental que as pessoas compareçam ao agendamento da terceira dose”, ressalta.