PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Como prevenir novas ondas da Covid-19? Papo Saúde ESP discute tema nesta terça (14)

13 de dezembro de 2021 - 14:08 # # # #

Daniel Araújo - Ascom ESP


O surgimento de variantes da Covid-19 causa preocupação no mundo todo. O avanço das mutações do vírus e o aumento de novos casos na Europa, África e Ásia, por exemplo, acendem um sinal de alerta também na América Latina, principalmente no Brasil. Para discutir como podemos prevenir novas ondas da doença, a Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), vinculada da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), realiza mais uma edição do Papo Saúde ESP. A transmissão ocorre nesta terça-feira (14), no perfil oficial da ESP/CE no Instagram.

A live contará com a participação da secretária executiva de Vigilância e Regulação em Saúde da Sesa, Ricristhi Gonçalves, e será conduzida pela supervisora do Centro de Extensão em Saúde da Escola, Luciana Rocha. As principais formas de evitar novos períodos de infecção decorrentes da Covid-19, além da importância de manter as medidas de proteção, como uso de máscara, distanciamento social e imunização da população, serão alguns dos assuntos abordados na transmissão.

Vacinação

Ainda que o número de adultos vacinados no Brasil esteja ultrapassando a marca de 80% e o número de jovens com a vacinação em dia esteja acima de 70%, os cuidados devem ser mantidos, principalmente no atual contexto de aparecimento de novas variantes, como no caso da Ômicron.

No Ceará, o intervalo para aplicação da terceira dose em pessoas a partir de 18 anos no Ceará foi reduzido de cinco para quatro meses (120 dias). A medida, pactuada na última terça-feira (7), é válida para quem completou o esquema vacinal (duas doses) com os imunizantes da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer – que deverão tomar a dose de reforço desta última, independentemente do imunobiológico aplicado anteriormente.

De acordo com Gonçalves, com a redução do intervalo na imunização, vai ser possível otimizar o uso de imunizantes da Pfizer, que devem ser armazenados em temperaturas positivas entre 2º C e 8º C, por exemplo, além de garantir um maior agendamento de pessoas.

Quem tomou a vacina da Janssen, a dose de reforço deverá ser necessariamente do mesmo imunizante, a partir de dois meses após a dose inicial.

Serviço

Papo Saúde ESP
Tema: Covid-19: como prevenir novas ondas
Quando: terça-feira (14), às 19h30
Convidadas: Ricristhi Gonçalves – secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa
Acesse o perfil da ESP/CE no Instagram