PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Movimentação de contêineres atinge marca histórica em 2021 no Porto do Pecém

10 de janeiro de 2022 - 12:39 # # # # #

Áquila Leite - ZPE Ceará - Texto
Tatiana Fortes - Fotos

Em operação desde 2002, o terminal portuário do Pecém conseguiu, pela primeira vez na sua história, superar o patamar de 400 mil TEU’s em sua movimentação anual de contêineres. Ao longo de 2021, um total de 410.557 TEU´s (244.811 unidades) passaram pelo porto cearense, o que representa um crescimento de 8,7% em relação ao resultado obtido no ano imediatamente anterior, quando foram movimentados 377.726 TEU´s (228.362 unidades).

Somente no mês de novembro de 2021, foram movimentados 40.239 TEU’s no Porto do Pecém – o melhor resultado obtido num único mês ao longo do ano passado. De acordo com o diretor de operações do Complexo do Pecém, Waldir Sampaio, a movimentação acumulada superior a 400 mil TEU’s é motivo de orgulho e consequência de um grande trabalho que envolve muitos profissionais.

“Superar a barreira dos 400 mil TEU’s era um grande objetivo de todo o nosso time, então é motivo de muito orgulho termos alcançado esse resultado em 2021. Trata-se da maior quantidade de contêineres já registrada em um único ano desde que o Porto do Pecém foi inaugurado, o que nos motiva, ainda mais, a seguir trabalhando para alcançar novos recordes neste 2022, ano em que o nosso terminal portuário completa 20 anos de história”, destaca Waldir Sampaio.

A cabotagem (movimentação entre o Pecém e outros portos brasileiros) respondeu por 344.332 TEU´s, crescimento de 5% em relação ao mesmo período de 2020. No longo curso (movimentação entre o Pecém e outros portos do mundo), o crescimento foi de 33%, de 49.640 TEU´s, em 2020, para 66.225 TEU´s, em 2021.

Volume em toneladas

As mercadorias transportadas em contêineres somaram o volume de 5.389.230 toneladas (t) no ano passado, o segundo tipo de carga mais movimentada no Porto do Pecém em 2021 – atrás apenas do granel sólido, com 9.827.740 t. A carga conteinerizada foi, assim, a segunda carga mais relevante na composição do índice de natureza da carga em toneladas, com 24% de participação.

Na comparação com 2020, a movimentação de cargas conteinerizadas, em toneladas, apresentou um crescimento de 11,8% no acumulado do ano passado.

Principais cargas conteinerizadas

. Cereais;

. Sal;
. Enxofre;
. Terras e pedras;
. Gesso;
. Cal;
. Cimento;
. Frutas;
. Alumínio;
. Plásticos.

Série histórica de movimentação de contêineres

. 2016 = 171.067 TEU´s
. 2017 = 209.623 TEU´s
. 2018 = 267.217 TEU´s
. 2019 = 339.742 TEU´s
. 2020 = 377.726 TEU´s
. 2021 = 410.557 TEU´s

Sentido da carga conteinerizada

. Embarques de Contêineres: 201.346 TEU’s
. Desembarque de Contêineres: 209.211 TEU’s