PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Horto de plantas medicinais da Sesa é aberto para visitação; cultivo e uso são ensinados por profissionais no local

19 de janeiro de 2022 - 11:08 # # # # # #

Suzana Mont'Alverne - Ascom Sesa - Texto e fotos

Ao todo, 30 espécies de plantas medicinais estão disponíveis no local

Você sabia que as plantas medicinais são fortes aliadas na recuperação de algumas doenças? Gripes, resfriados e tosse, por exemplo, podem ser amenizados – no início dos sintomas – com uso de ervas antivirais e bactericidas. A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) possui em seu horto 30 espécies de plantas medicinais e busca ampliar o conhecimento da população sobre os medicamentos fitoterápicos.

As orientações para preparação dos medicamentos caseiros, seu uso correto e agendamento para visitação à Farmácia Viva da Sesa podem ser feitas pelo telefone (85) 3101-4364. “No horto, todas as plantas têm eficácia científica. No local, ensinamos a população a reconhecer as plantas medicinais e orientamos sobre cultivo e uso adequado”, explica a farmacêutica da Sesa, Andrea Ramalho. O horto está situado em Fortaleza, na Avenida Washington Soares, 7605 – Messejana.

Os profissionais do equipamento oferecem, ainda, recomendações sobre a qualidade das plantas e derivados que são utilizados pela população. “É fundamental se informar sobre o não uso de agrotóxicos para a realização da limpeza das plantas e também como armazená-las corretamente”, complementa Ramalho. Segundo ela, o horário de retirada da planta interfere no melhor efeito do chá.

As mudas de plantas medicinais podem ser doadas com orientação farmacêutica, conforme a necessidade do paciente e da disponibilidade no horto.

Além do horto da Sesa, o Ceará conta com o horto Professor Francisco José de Abreu Matos, localizado no campus do Pici da Universidade Federal do Ceará (UFC). Ramalho explica que os trabalhos são desenvolvidos de forma integrada. “As mudas certificadas de plantas medicinais são repassadas do horto na UFC para o horto oficial do Estado, que realiza o apoio técnico-científico para implantação e implementação de unidades de Farmácias Vivas nos municípios cearenses”.

Relação das plantas medicinais

Com orientação farmacêutica, mudas de plantas medicinais podem ser doadas para cidadãos

O Ceará tem em sua Relação de Plantas Medicinais insumos para prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças. São eles: açafrão, agrião-bravo, alecrim-pimenta, alfavaca-cravo, aroeira do sertão, babosa, cajazeira, capim-santo, chambá, colônia, confrei, cumaru, erva-cidreira, eucalipto-medicinal, funcho, gengibre, goiabeira-vermelha, guaco, hortelã-japonesa, holmes, hortelã-rasteira, malvarisco, malva-santa, maracujá, mastruço, melão-de-são-caetano, mentrasto, mororó, pau d’arco roxo, quebra-pedra e romãzeira. A composição da relação foi elaborada pelo Comitê Estadual de Fitoterapia, em 20 de março de 2012, por meio da portaria nº 275.
Ampliação de Farmácias Vivas

Em março de 2021, foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) do Ceará o chamamento público para implantação de Farmácias Vivas nos municípios cearenses. Até o momento, 39 municípios aderiram à proposta. A coordenadoria de Políticas de Assistência Farmacêutica (Copaf) da Sesa objetiva executar o projeto até dezembro deste ano.

Os municípios que farão parte da iniciativa são: Aiuaba; Alcântaras; Aracoiaba; Aratuba; Baturité; Banabuiú; Beberibe; Bela Cruz; Camocim; Canindé; Caridade; Catunda; Crateús; Crato; Eusébio; Fortaleza; Guaiúba; Maracanaú; Horizonte; Ibiapina; Iracema; Irauçuba; Juazeiro do Norte; Lavras da Mangabeira; Limoeiro do Norte; Maranguape; Meruoca; Nova Russas; Paramoti, Pentecoste; Pereiro; Quixeré; Reriutaba; São João do Jaguaribe; Solonópole; Tabuleiro do Norte; Trairi; Varjota e Várzea.

Serviço

Horto Estadual da Sesa
Endereço: Avenida Washington Soares, 7605 – Messejana, Fortaleza
Contato: (85) 3101-4364