PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Forças de Segurança desarticulam grupo criminoso responsável por roubos com restrição de liberdade em Fortaleza

20 de janeiro de 2022 - 13:06 # # # # # # #

Ascom SSPDS

Um trabalho investigativo realizado em conjunto pelas Polícias Civil (PCCE) e Militar do Ceará (PMCE) culminou na desarticulação de um grupo criminoso apontado como responsável por, pelo menos, quatro ocorrências de roubos com restrição de liberdade. Na noite dessa quarta-feira (19), mais dois homens foram presos após fazerem novas vítimas, nos bairros Meireles e São João do Tauape – Áreas Integradas de Segurança 1 e 10 de Fortaleza. A captura da dupla ocorreu no bairro Papicu (AIS 10).

As investigações iniciaram logo depois que a Divisão Antissequestro (DAS) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) tomou conhecimento sobre um roubo com restrição de liberdade de um dentista, ocorrido no último dia 10 deste mês, no bairro Meireles (AIS 1). Nessa primeira ocorrência, uma equipe da PMCE resgatou a vítima e prendeu um suspeito identificado como Antônio Flávio Rodrigues Ribeiro (28), no bairro Santa Maria (AIS 3).

Apurações apontam que Antônio Flávio é suspeito de integrar um grupo criminoso especializado em roubos com restrições de liberdade, na Capital. Na noite de ontem (19), os policiais civis e militares capturaram mais dois suspeitos de integrarem o coletivo criminoso. A dupla foi identificada como Rodrigo Felipe de Araújo (30) e William Albuquerque Silva (27).

Os dois indivíduos foram presos no bairro Papicu (AIS 10) após roubarem três pessoas e realizarem compras com os cartões de crédito das vítimas. Após serem capturados, eles foram conduzidos para a unidade especializada, onde foram autuados pelos crimes de roubo qualificado e associação criminosa. Rodrigo e William também foram autuados por crime sexual. Apurações da PC-CE apontam que, durante o delito, eles tocaram nas partes íntimas de uma das vítimas. A Polícia Civil segue diligenciando para capturar outros partícipes dos crimes já identificados.

O crime

As diligências iniciaram logo após os policiais militares lotados no 22º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e policiais civis da DAS serem acionados para uma ocorrência em andamento. As informações iniciais apontam que a primeira vítima, um homem de 25 anos, foi abordada quando estava em um veículo no bairro Meireles (AIS 1).

Ainda durante a ação criminosa, os suspeitos abordaram uma outra mulher, de 34 anos, que saía de uma escola localizada no bairro São João do Tauape (AIS 10). Na ocasião, os indivíduos utilizaram os cartões de crédito das vítimas para realizarem compras em estabelecimentos comerciais e, após as compras, liberaram elas. A Polícia Civil investiga ainda um outro crime cometido pelos suspeitos, contra uma outra vítima.

De posse das informações necessárias, as equipes realizaram buscas e capturaram os dois suspeitos. Na ofensiva, cartões de créditos, aparelhos celulares e um veículo roubado, que teria sido utilizado na ação criminosa, foram apreendidos.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3238-1086, da DAS. O sigilo e o anonimato são garantidos.