PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Bombeiros militares retiram anel preso em dedo de adolescente em Tauá

21 de janeiro de 2022 - 11:36 # # #

Ascom do CBMCE

Uma equipe da 3ª Companhia do 3º Batalhão (3ªCia/3ºBBM), do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), retirou um anel que estava preso no dedo de uma adolescente de 15 anos, na tarde dessa quarta-feira (19), no município de Tauá – Área Integrada de Segurança 22 (AIS 22) do Estado. A jovem, acompanhada de seu pai, procurou o Quartel do Corpo de Bombeiros da cidade de Tauá, para fazer a retirada do apetrecho que estava preso em seu dedo.

A joia era menor que a circunferência do dedo da adolescente, que não conseguiu retirar o anel, o que causou inchaço em seu membro. A equipe realizou uma inspeção visual e, mediante a ausência de risco, optou pela utilização da minirretífica para fazer o corte do objeto. A vítima estava bastante agitada e os militares redobraram os cuidados no momento de realizar o corte. “É um trabalho de acalmar a vítima para fazer o procedimento com a mão bem leve. É normal o nervosismo. A pessoa acha que vamos cortar o dedo dela, tenta tirar a mão involuntariamente, então pedimos para que não olhe, para não ficar mais apavorada”, conta o cabo Mesquita, que atendeu a ocorrência.

http://https://youtu.be/oWQ14gXYMLc

O bombeiro militar ressalta ainda que o trabalho não oferece risco para a vítima. “Usamos uma lâmina fina embaixo da aliança que protege o dedo”, afirma. Enquanto um corta o anel, outro militar molha a mão da vítima para resfriar o metal, de modo a evitar que a joia esquente. Todas as guarnições de Resgate e de Busca e Salvamento dispõem do equipamento utilizado neste tipo de ocorrência.

Balanço

Em 2021, foram realizadas 108 retiradas de joias, anel/aliança, enquanto que em 2020, durante todo o ano foram realizados 110 atendimentos, em 2019 foram somente 61 ocorrências.