PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Serviço de Telessaúde da Sesa é ampliado; além de dúvidas sobre Covid-19, população tem acesso a informações sobre gripe

21 de janeiro de 2022 - 16:00 # # # # #

Suzana Mont'Alverne - Ascom Sesa Texto
Ascom Sesa Foto

O atendimento ocorre das 7h às 22h, todos os dias da semana

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) ampliou, mais uma vez, o serviço do Núcleo de Telessaúde da pasta. A assistência remota, com atendimento para dúvidas sobre Covid-19, passa a oferecer, também, esclarecimentos sobre a síndromes gripais. O suporte auxiliará no diagnóstico das doenças, que têm sintomas semelhantes.

O atendimento aos usuários ocorre via aplicativos de mensagens instantâneas – WhatsApp (85 8439-0647) e Telegram  –, além dos chats no hotsite Coronavírus e nos endereços eletrônicos da Sesa e do Governo do Ceará.

A plataforma conta com recurso de inteligência artificial para triagem, com perguntas sobre sintomas, que capta os usuários que necessitam de atendimento humano, realizado por profissional de saúde. Além disso, há opção de acessibilidade para acionar tradução em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O coordenador do Núcleo do Telessaúde da Sesa, Luiz Costa, comenta que o serviço é bem completo. “Os usuários passam realmente por uma avaliação. Nós emitimos receita, dispensamos atestado, quando necessário, e indicamos o tempo correto de isolamento”.

A iniciativa, além de facilitar o acesso às dúvidas da população, pode aliviar a demanda nas unidades de saúde. “O plantão está evoluindo para atender também aos casos de síndrome gripal. A telemedicina pode diminuir o fluxo nas unidades e até resolver casos menores. Além da Covid-19, estamos vivenciando também muitos casos de gripe. O atendimento remoto beneficia os usuários sem que eles precisem sair de casa”, pontua o articulador do serviço da Sesa e médico de Família e Comunidade, Allan Denizard.

O atendimento ocorre das 7h às 22h, todos os dias da semana. A tecnologia possui, ainda, respostas para dúvidas frequentes, retiradas das redes sociais da pasta.

 

 

Ouça

O articulador do serviço da Sesa e médico de Família e Comunidade, Allan Denizard, fala sobre os casos que podem entrar em contato com o serviço de telessaúde.

Allan Denizard destaca que a consulta pode ser feita também em outras plataformas.

Sobre o aumento dos casos de Covid-19 e de síndromes gripais em virtude da alta transmissibilidade da variante Ômicron, a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde, Ricristhi Gonçalves, alerta à população para manter os cuidados, os protocolos sanitários e a prevenção e ainda não deixar de se vacinar contra a Covid-19.