PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Iniciativas da Casa de Cuidados facilitam comunicação entre pacientes e familiares

26 de janeiro de 2022 - 14:08 # # # # # #

Márcia Catunda - Ascom CCC

O público-alvo são pacientes com dificuldades de comunicação ou que não têm cuidadores

Diante do aumento de casos de covid-19 e outras síndromes gripais não só em Fortaleza, mas em todo o Brasil e no mundo, a Casa de Cuidados do Ceará (CCC), equipamento da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) gerido pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), implantou o projeto A Casa Fala para facilitar a comunicação entre pacientes e familiares em tempos de isolamento social.

O objetivo é minimizar os efeitos do distanciamento entre usuários e familiares por meio da comunicação alternativa, além de informar as famílias sobre os pacientes que apresentam comunicação insuficiente.

“Além do atual cenário, há as situações de vulnerabilidade social, que reverberam no distanciamento físico e dificultam o cuidado diário com o paciente. Por isso, o projeto irá desenvolver meios de comunicação humanizada e alternativa utilizando dispositivos eletrônicos e mediação da comunicação entre profissionais, familiares e pacientes”, explica Úrsula Wille Campos, diretora da CCC.

O público que será contemplado com a iniciativa são pacientes que não têm cuidadores ou familiares atuando como cuidador e que estão isolados por síndrome gripal respiratória, além de pacientes e familiares em situação de vulnerabilidade que dificulta a comunicação, permanência do cuidador ou visitas frequentes.

“A ação será aplicada duas vezes por semana durante os plantões matutinos de segunda e quinta-feira. Os equipamentos serão higienizados antes e após o uso. A identificação dos pacientes será por meio de busca ativa, demanda espontânea ou encaminhamento de equipe multiprofissional”, detalha Itala Oliveira, gerente da CCC. Os profissionais de Terapia Ocupacional e Psicologia farão a intermediação da comunicação entre paciente e familiares.

Projeto “A Casa Fala” tem o intuito de facilitar a comunicação entre pacientes e familiares em tempos de isolamento social e cuidados

Os internados na unidade possuem assistência de profissionais das áreas de Enfermagem, Fisioterapia, Assistência Social, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Nutrição e Psicologia, além de visitas médicas, com a adoção de todos os cuidados necessários na transição entre a estrutura hospitalar e o domicílio do paciente.

Ricardo Soares é paciente da CCC desde os primeiros dias de inauguração do espaço, em junho de 2021. Os pais são idosos e moram na zona rural, por isso não conseguem visitá-lo com frequência. Com o projeto, será mais fácil matar a saudade. “Fiquei muito feliz ao ver a minha família pelo celular. Amenizou a saudade e já quero novas chamadas”, conta, animado.

Programa “NAC tá junto”

A Casa de Cuidados do Ceará também implantou o programa NAC tá junto!, com o objetivo de promover alinhamento entre colaborador, paciente e equipe de saúde a fim de contribuir para uma alta segura do paciente e um atendimento de excelência.

O programa consiste em treinamentos com módulos que contribuem para a segurança do paciente. Entre os assuntos abordados, estão declaração de óbito, prontuário eletrônico, encaminhamento de pacientes, planilha de gestão e transporte de internados.

O programa “NAC tá junto!” busca contribuir para com uma alta segura do paciente e um atendimento de excelência

“Com a chegada dos novos colaboradores, iam surgindo dúvidas sobre o fluxo da CCC e sobre o sistema, por isso surgiu a ideia de promover os treinamentos”, diz Edivania Monteiro, que atua no Núcleo de Atendimento ao Cliente (NAC) do espaço.

Os treinamentos são realizados com monitoria agendada, conta com três profissionais por turma, com frequência bimestral ou no ato da admissão de colaboradores. “É feito um monitoramento e acompanhamento com todos os profissionais de assistência da Casa para alinhar o prontuário, que é um documento fundamental para a prestação de cuidados em saúde, sendo protegido sob sigilo médico. Dessa forma, buscamos que a rotina da CCC seja seguida rigorosamente”, acrescenta Itala Oliveira.

Sobre a CCC

A Casa de Cuidados do Ceará foi inaugurada, inicialmente, para auxiliar na reabilitação de acometidos pela covid-19. O local passou a oferecer, ainda, reabilitação humanizada e multidisciplinar aos cearenses em recuperação após alta hospitalar decorrente de outras doenças, bem como atuar na desospitalização de quem está sob cuidados prolongados – com reabilitação e/ou adaptação a sequelas decorrentes de outros diagnósticos, como Acidente Vascular Cerebral (AVC) e trauma.

Entre os benefícios oferecidos pelo espaço, estão: otimização dos leitos hospitalares; diminuição dos riscos de infecção; humanização no atendimento; assistência a familiares; além da promoção de transição do paciente para o domicílio e prevenção de novas hospitalizações.

A CCC possui, hoje, 130 leitos. É permitido que pacientes possam ter a companhia de um familiar na fase de reabilitação. O local é acessível e também conta com área verde, possibilitando ar fresco e tranquilidade.