PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

HRSC fortalece implementação do Plano Terapêutico Individual por meio de oficinas

28 de janeiro de 2022 - 10:45 # # # # # #

Isabelle Azevedo - Ascom HRSC - -Texto e foto

O plano é a estruturação de um conjunto de ações para cada pacientes, com estabelecimento de metas, a partir dos ambientes interno e externo

O Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), em Quixeramobim, unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) gerida pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), tem realizado oficinas com os setores para fortalecer a implementação do Plano Terapêutico Individual na unidade. Já participaram os colaboradores que atuam no eixo clínico (Clínica Médica, Unidade de Cuidados Especiais e Unidade AVC) e os profissionais da Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“O plano terapêutico é a estruturação do conjunto de ações para cada paciente, com estabelecimento de metas, a partir de fatores do paciente e dos ambientes interno e externo, visando a planejar e otimizar uma permanência hospitalar com base nos pilares da segurança. Pensando nisso, o HRSC vem buscando envolver cada vez mais a equipe multidisciplinar em oficinas voltadas para a discussão, o planejamento e o treinamento na construção do plano terapêutico individual”, explica o diretor de Processos Assistenciais do HRSC, Leonardo Miranda.

A assessora técnica da Qualidade do hospital, Nayana Rocha, explica que a unidade já aplica o plano para seus pacientes, mas existiam várias lacunas a serem preenchidas em relação ao processo de implementação. “Queremos sensibilizar os profissionais, observar os pontos mais frágeis e potencializar as fortalezas, para que a gente consiga, realmente, executar um plano terapêutico como ele deve ser e, cada vez mais, fortalecer a atuação da equipe multidisciplinar, a comunicação entre os profissionais e também a comunicação com o paciente”, afirma.

A consolidação do processo do plano terapêutico traz vários benefícios ao HRSC. “Quanto mais forte for esse processo do plano terapêutico, acreditamos que o paciente vai ficar menos tempo no hospital e terá menos eventos. A segurança da assistência vai ser mais fortalecida”, pontua a Assessora da Qualidade.

Para o diretor Leonardo Miranda, a expectativa é consolidar a assistência à saúde. “O objetivo é trazer qualidade e segurança aos nossos processos, objetivando alcançar a entrega proposta”, avalia o médico.
Atividades

O fortalecimento do Plano Terapêutico começou em 2021, com a validação da iniciativa junto ao ISGH. Durante o mês de fevereiro, estão previstas mais três oficinas com os eixos Covid-19, cirúrgico (Clínica Cirúrgica e Traumato) e materno infantil (Obstetrícia e Neonatologia).

“Após as oficinas, vamos passar por um processo de monitoramento no qual esse plano vai ser avaliado cotidianamente nas Caminhadas da Segurança, que já realizamos na unidade. Está programada também uma auditoria para os próximos meses para identificarmos as fragilidades encontradas”, diz Nayana Rocha.