PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Fortaleza encerra o mês de janeiro com redução de 23,2% nos crimes contra o patrimônio

3 de fevereiro de 2022 - 10:05 # # # # # # # #

Ascom SSPDS - Texto e foto

O mês de janeiro de 2022 encerrou com redução de 23,2% nos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), em Fortaleza. Os dados foram compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp). No período, a Capital registrou 2.540 crimes. Em janeiro do ano passado, foram 3.306 casos. Já o Ceará teve retração de 16,9%, saindo de 4.771 registros de CVPs em 2021, para 3.967, em janeiro de 2022.

O dado positivo, segundo o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS/CE), Sandro Caron, deve-se ao trabalho continuado que preza pela integração das Polícias e o uso de tecnologia no combate à criminalidade. “Essa redução é fruto de uma ação continuada de capturas qualificadas realizadas pela Polícia Civil e pela Polícia Militar, de pessoas que têm por atividade, a prática de assaltos na Capital. Então, o resultado é fruto de ações integradas, prisões qualificadas e do trabalho de inteligência”, disse.

Em uma das ações registradas em janeiro, o Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) capturou dois adultos e um adolescente, momentos após um roubo e um ato infracional análogo ao mesmo crime serem registrados, no bairro Edson Queiroz – Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7) do Ceará. O trabalho aconteceu em 13 de janeiro de 2022. Com eles, além de objetos roubados, os policiais militares apreenderam uma arma de fogo e munições.

2021

Em todo o ano de 2021, o Ceará apresentou uma redução de 10,8%, com 48.141 casos de CVPs registrados. O acumulado do mesmo período em 2020 totalizou 53.956. A Capital também registrou queda nos números durante os 12 meses. No acumulado de janeiro a dezembro de 2021, a redução foi de 12,3%, indo de 36.403 casos registrados para 31.920. Em dezembro de 2021, essa retração foi de 17,4%, indo de 3.061 para 2.527, em comparação ao mesmo mês de 2020.