PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Íris e Programa Cientista Chefe apresentam plataformas de dados para a primeira-dama Onélia Santana

24 de fevereiro de 2022 - 11:40 # # # #

Amélia Gomes - Ascom Íris - Texto
Ariel Gomes - Fotos

Nesta terça-feira (23), o Íris | Laboratório de Inovação e Dados do Governo do Ceará e o Programa Cientista Chefe apresentaram à primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, o Big Data Social, a plataforma que utiliza a estratégia Citizen Relationship Management — CzRM (Gestão de Relacionamento com o Cidadão) e a Plataforma Mais Infância. Esses sistemas têm o objetivo de fomentar o uso de dados e acelerar a transformação digital no Ceará. O secretário executivo da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), José Ibiapina, e o Secretário Executivo de Planejamento e Gestão Interna da SPS, Sandro Carvalho, também participaram da reunião.

Para a primeira-dama, Onélia Santana, os dados e informações são importantes no direcionamento de ações no Estado. “Nossas plataformas analíticas nos ajudam a conhecer mais sobre o aspecto social das famílias em vulnerabilidade no nosso Estado. Nossa missão agora é identificar informações que possam nortear ações e nos levar a decisões mais assertivas, buscando fazer melhores escolhas em prol da qualidade de vida e desenvolvimento das pessoas”, destaca.

O objetivo do encontro foi apresentar os sistemas e alinhar as próximas implementações, melhorias e ações. Conforme afirmou o cientista-chefe de Dados e Transformação Digital do Ceará, José Macêdo: “essas plataformas fomentam a tomada de decisão do governo baseada nas reais necessidades da população, a partir do uso de dados, de análises e informações. A ideia é que o gestor tenha uma visão ampla para implementar ações que beneficiem as pessoas”.

O Big Data Social é a plataforma de dados da Proteção Social do Ceará, que oferece uma visão integrada e transparente da área, a partir da coleta e análise de grande volume de dados. Ele traz indicadores em painéis visuais sobre auxílios sociais, educação, moradia, trabalho e renda. Com isso, gestores públicos podem tomar decisões de forma mais eficiente e acompanhar ações e auxílios públicos dessas áreas. A Plataforma Mais Infância Ceará é a plataforma de dados do Programa Mais Infância do Ceará.

Já o sistema que utiliza CzRM, técnica voltada à melhoria do relacionamento entre governo e cidadãos, deve integrar as bases do sistema de agentes sociais do Ceará e do Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais para entregar informações sobre as famílias e membros delas. A coordenadora do projeto Big Data Ceará no Programa Cientista Chefe e cientista de dados do ÍRIS, Ticiana Linhares, explica: “o Big Data Social traz uma visão macro da Proteção Social, no estado e nos municípios. Já o CzRM apresenta uma visão micro, com informações por famílias e por pessoas dessas famílias. Por meio dessas plataformas, da integração desses dados, é possível tomar decisões mais assertivas”.

A expectativa é que essas plataformas integrem dados de outras áreas, como por exemplo saúde, educação, infraestrutura e segurança pública. “Para reunir em uma única base informações cada vez mais completas sobre o cidadão”, reforça José Macêdo.