PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Ceará Credi atinge marca de R$ 50 milhões em créditos contratados por micro e pequenos empreendedores

8 de março de 2022 - 18:07 # # # # #

Íkara Rodrigues - Ascom da Adece - Texto e Foto

Presidente da Adece, Francisco Rabelo, e Silvana Parente, diretora de Economia Popular e Solidária da Agência, acompanhados pela equipe do Ceará Credi

O Programa de Microcrédito Produtivo Orientado do Governo do Ceará (Ceará Credi) atingiu a marca de R$ 50 milhões em créditos contratados neste início de março. Cerca de 30 mil pessoas foram atendidas pelo Programa e mais de 18 mil pequenos negócios foram financiados em oito meses de operação no Estado.“Em menos de um ano, registramos um novo marco do Programa que tem beneficiado milhares de cearenses em um momento em que trabalhamos uma série de políticas econômicas para minimizar os impactos causados pela pandemia. Sabemos que para muitos empreendedores, o Ceará Credi foi um fôlego necessário para a manutenção de seus negócios e da renda familiar”, afirma o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Francisco Rabelo.

Cerca de 78% dos empréstimos viabilizados pelo Ceará Credi foram destinados ao fortalecimento de atividades econômicas já existentes. Os demais 22% utilizaram o crédito para abrir um novo negócio. No total, 66% dos empréstimos foram para o comércio, 22% para o setor de serviços e 12% para o de produção.

O perfil das pessoas financiadas pelo Programa é composto por 62% de mulheres e 38% de homens. Desses 28% são jovens. Quanto ao grau de formalização, a grande maioria (98%) é informal e apenas 2% são microempreendedores individuais formalizados.

“Uma das principais características do programa é a inclusão produtiva e financeira de mulheres e de pessoas em situação de vulnerabilidade no Estado. Atualmente, 40% das mulheres que acessaram ao crédito são chefes de família”, reforça a diretora de Economia Popular e Solidária da Adece, Silvana Parente. Também foram financiados empréstimos para Pessoas com Deficiência (PCD), mulheres vítimas de violência e egressos do Sistema Prisional. Outro diferencial do Ceará Credi é a concessão de bônus de adimplência de 10% para os microempreendedores que pagarem em dia, estimulando uma cultura de responsabilidade e poupança.

Capacitação

O Programa Ceará Credi é operacionalizado pela Adece e disponibiliza plataforma virtual de capacitação empreendedora e educação financeira para seus clientes. Em oito meses de funcionamento, 7.854 empreendedores foram capacitados nos cursos: Ajudando você a pensar no seu negócio, Prepare-se para conseguir o crédito, Marketing digital, Formalização e Como cuidar do dinheiro do seu negócio.

Adesão das prefeituras

A Adece acaba de concluir o processo de chamamento público de prefeituras para a ampliação dos postos de atendimento do Ceará Credi no interior do Estado. Cerca de 70 prefeituras assinaram o Termo de Adesão ao Programa.

No último dia 03 de março foi realizada a capacitação da primeira turma de agentes das prefeituras que aderiram ao chamamento público. Neste primeiro momento, foram capacitados pela Adece agentes dos municípios metropolitanos de Aquiraz, Cascavel, Caucaia, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape e Pacatuba. Eles atuarão em conjunto com os agentes de crédito do Programa em suas respectivas localidades. A concessão do microcrédito no município de forma orientada pelos agentes de crédito ficará sob responsabilidade da Adece.