PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Novos equipamentos e fardamento trazem mais segurança para os cearenses e proteção para os bombeiros

12 de março de 2022 - 12:04 # # # #

Elton Viana - Ascom Casa Civil
Carlos Gibaja, Tatiana Fortes e Albert Torres/Ascom CBMCE Fotos

Os equipamentos serão utilizados em situações de combate a incêndios urbanos e florestais. O robô será empregado em situações em que o uso da mão-de-obra humana não é viável

“Além de capacitar o homem, é muito importante investir em tecnologia para prestar o melhor serviço para a população e cumprir a missão do Corpo de Bombeiros que é: vidas alheias e riquezas salvar”. A declaração foi do comandante da corporação na Capital. Gledson Rodrigues, que operou o robô autopropelido para combate a incêndios, entregue ao Corpo de Bombeiros pelo Governo do Ceará, em solenidade realizada neste sábado (12).

Além do robô, o primeiro adquirido na América Latina, foram entregues uma autoescada mecânica articulada e uma viatura de combate a incêndio florestal. A solenidade foi presidida pelo governador Camilo Santana, pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Ceará (CBMCE), Ronaldo Roque, pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron e outras autoridades.

 

Para o governador, a entrega faz parte de um grande investimento que está sendo feito na área da Segurança Pública. “São novos quartéis, equipamentos, valorização dos profissionais, tudo para que os profissionais possam oferecer o que há de melhor no mundo para os cearenses”, destacou. O investimento total foi de mais de R$ 27 milhões. Os novos equipamentos serão utilizados em situações de combate a incêndios urbanos e florestais. O robô, por sua vez, será empregado em situações em que o uso da mão-de-obra humana não é viável.

Os equipamentos são considerados o que há de mais moderno para combate a incêndios e salvamentos complexos. Além dos veículos entregues neste sábado, foi adquirida também uma viatura Multi Operações Auto Bomba Plataforma, Salvamento e Extinção Especial que deve chegar ainda em 2022.

Novos Fardamentos

No evento, também foi apresentado o novo fardamento que será utilizado pelos profissionais. “O uniforme possui filmes retro refletivos na gandola e na calça. Além disso, o laranja fluorescente e as faixas retrorrefletivas, atendem a um padrão internacional para uniformes de alta visibilidade com o objetivo de aumentar a segurança dos profissionais. Mais conforto e segurança para os bombeiros”, ressaltou o comandante-geral do CBMCE.

 

“O laranja é a cor universal do salvamento. E o novo uniforme ressalta a cor e traz mais conforto e proteção para os homens e mulheres que fazem parte do Corpo de Bombeiros. Ganha a corporação, a sociedade e a Segurança Pública”, comentou o titular da SSPDS.

Para a aposentada, Dária Paiva, foi um momento de grande emoção. Ela, que faz parte do Projeto Saúde, Bombeiros e Sociedade, trouxe um grupo de amigas para acompanhar a solenidade. “Estou muito emocionada, porque uma vida salva não há dinheiro no mundo que pague. E é isso que vimos hoje, equipamentos para salvar pessoas”, disse.

 

Investimentos

Com 96 anos de história, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), uma das forças vinculadas à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS/CE), prepara-se para ganhar uma nova sede para o comando geral.

Com a migração para o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), o antigo prédio, também conhecido como Casarão Vermelho, será transformado em um museu, com a finalidade de contar a história da corporação.

 

As mudanças fazem parte de uma série de investimentos realizados pelo Governo do Ceará, por meio da SSPDS/CE, no CBMCE. Somente nos últimos sete anos, foram investidos mais de R$ 144 milhões para construção e reforma de quartéis, compra de equipamentos, capacitação e valorização salarial.

Presenças

A solenidade contou ainda com a presença do comandante-geral da Polícia Militar do Ceará, Márcio Oliveira, do perito geral do Ceará, Júlio César Torres, do delegado geral da Polícia Civil do Ceará, Sérgio Pereira, do secretário-chefe da Casa Civil, Chagas Vieira, e do secretário de Ciência, Tecnologia do Ceará e Educação Superior, Carlos Décimo.