PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

ESP/CE lança livro com relatos e práticas do enfrentamento à pandemia de covid-19

24 de março de 2022 - 17:21 # # # # # # #

Elon Nepomuceno - Ascom ESP/CE - Texto
Júlio Lopes - Arte Gráfica

Quando a pandemia de covid-19 foi decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em março de 2020, pouco se sabia sobre os desafios que seriam impostos pela crise sanitária. O problema, no entanto, logo tomou grandes proporções e afetou não só os sistemas de saúde, mas diversos outros setores que, aparentemente, sentiriam os efeitos pandêmicos em menor escala. O mundo começa, então, a visualizar uma jornada sem precedentes, cheia de reflexos das desigualdades sociais e econômicas.

Dois anos depois dos primeiros diagnósticos, o coronavírus continua sendo um obstáculo a ser superado por governos e sociedade, mas algumas práticas fazem a diferença diante deste cenário que, por muitas vezes, foi de incertezas.

Leia também: Covid-19: segundo ano da pandemia carrega aprendizados e perspectivas de superação

No Ceará, a Escola de Saúde Pública Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE) e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) dão exemplos de como a coletividade foi e tem sido eficiente no enfrentamento à doença. Para além da pronta assistência médica a pacientes infectados, as ações adotadas envolvem diversos eixos, como educação, pesquisa, inteligência, inovação, comunicação, entre outros.

Especialistas avaliam que possuir um plano de contingência intersetorial possibilitou ao Estado reduzir danos durante a travessia das três ondas de covid-19.

Superados os momentos mais críticos, agora, é hora de registrar, por meio de um livro, os relatos históricos de coragem, as percepções e as estratégias implementadas por atores da saúde pública para amortecer os impactos da pandemia.

Autoria de cerca de 80 profissionais

Intitulada como Enfrentamento à covid-19: a construção da coragem coletiva, a publicação técnico-científica tem a autoria de quase 80 profissionais das mais variadas áreas de atuação. Em cerca de um ano e meio, o grupo desenvolveu 19 capítulos.

Um dos organizadores do projeto e gerente de Pesquisa em Saúde da ESP/CE, Jadson Franco, relata que o livro nasceu após uma provocação da cúpula da Saúde estadual. “Muito se falava sobre a necessidade de termos o registro histórico desse enfrentamento. Então, nós assumimos o compromisso de organizar o livro, trazendo as narrativas de diferentes autores e autoras, nos seus cenários de atuação. No projeto, a gente vai ter desde o campo da assistência, da gestão, da pesquisa norteando a tomada de decisão – inclusive, desses gestores, no campo das evidências –, da inovação, além dos aspectos de estar na linha de frente”, explica.

Franco contribuiu, ainda, com a produção de três capítulos da obra. “Em um deles, falamos num campo mais prático, detalhando a implantação de um setor de pesquisa dentro do Hospital Estadual Leonardo da Vinci (Helv). A gente relatou todo o processo: desde a seleção de pessoas à coleta de dados, e o que esse estudo nos traz como desdobramentos até hoje”.

Também esteve à frente da organização do livro a assessora técnica da ESP/CE, Lígia Lucena, que assina o capítulo de encerramento do projeto. Além disso, ela desempenhou um importante papel de orientação para os demais autores. “Muitos deles ficaram naquela inquietação: ‘Como é que eu vou traduzir tudo e colocar no papel’? Então, a gente desenvolveu oficinas para ajudar o grupo a pensar como seria essa escrita, elaboramos diretrizes dos elementos que deveriam compor os capítulos, entre outros suportes. Tudo para proporcionar um alinhamento conceitual”, pontua Lucena.

O lançamento do livro ocorrerá na próxima quarta-feira (30), às 9h, em solenidade na sede da ESP/CE para convidados, em Fortaleza.

Conselho Editorial

O “Enfrentamento à covid-19: a construção da coragem coletiva” marca também um novo momento do Conselho Editorial da ESP/CE. A publicação foi uma das primeiras a serem analisadas pelo grupo após sua aprovação no ano passado.

“Eu vejo esse livro como uma entrega muito importante para a sociedade. Eu acho que a Escola reafirma o seu compromisso ético, sanitário e com a Ciência ao entregar um registro estadual do enfrentamento à pandemia. E, internamente, ele sinaliza um fortalecimento do Conselho Editorial, que foi aprovado em 2021”, avalia Jadson Franco.