PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Município de Pacujá ganha areninha e nova praça no entorno

14 de abril de 2022 - 10:47 # # #

Roberto Leite - Ascom Casa Civil Texto
Ariel Gomes Fotos

A população de Pacujá, município localizado no Noroeste cearense, tem agora uma areninha para chamar de sua. É que o Governo do Ceará inaugurou o equipamento na cidade em um investimento de R$ 237.745,65. No entorno, também foi inaugurada uma praça, urbanizando o entorno do equipamento.

Com a areninha de Pacujá, já são 274 campos society em todo o estado, sendo 171 construídos no Interior e 103 na Capital cearense, fruto do Juntos por Fortaleza, parceria entre Governo do Ceará e Prefeitura de Fortaleza.

“É um espaço de integração. O esporte é extremamente importante para a pessoa se desenvolver. Ajuda muito para que se tenha uma boa saúde, não só a criança, mas o jovem, o adulto, o idoso, todas as pessoas”, frisou o secretário de relações Institucionais da Casa Civil do Governo do Ceará, Nelson Martins, lembrando que até o fim de 2022, o Estado deve ter 630 areninhas espalhadas por todos os municípios.

Nelson Martins anunciou ainda que Pacujá irá receber uma segunda areninha e também uma brinquedopraça no decorrer deste ano, além de outras ações.

As areninhas são equipamentos multifuncionais em formato de campo de jogo society com grama sintética, alambrados e rede, vestiários com banheiros, acessos pavimentados e torres de iluminação.

O prefeito de Pacujá, Raimundo Filho, destaca a importância do equipamento esportivo para movimentar e valorizar o município.

“Quero falar desse equipamento, dessa praça, com iluminação, piso intertravado, todo o cuidado para que essas pessoas tenham vida digna. Elas podem vir fazer uma caminhada, trazer o filho pra se divertir, que possam usufruir dessa areninha de forma digna. Porque um equipamento desses valoriza a cidade e valoriza esse bairro”.

Cada areninha é resultado de parceria entre Governo do Ceará e prefeituras municipais. Através de orçamentos de secretarias como a do Esporte e Juventude (Sejuv), a Superintendência de Obras Públicas (SOP) executa a construção. Cabe a cada prefeitura indicar e doar o terreno para a construção do campo.

As areninhas incentivam uma vida mais saudável, fomentam a economia local e fortalecem a segurança, com espaços públicos ocupados e iluminados.

É o que frisa o secretario de esporte e lazer da Pacujá, João Batista. “Um equipamento como esse é bom porque vai trazer a juventude pra cá. A gente sabe que hoje em dia tem muita bebida e droga se espalhando e os jovens estão à mercê. Então, a areninha vai dar mais opção de lazer e entretenimento para eles”.

Quem tambem está empolgado e esperançoso com o local é o vendedor Eduardo Oliveira Freitas, 42. “Esse local é bom pra dar lazer pra criançada. E pra gente se torna uma fonte de renda extra”, diz ele, que também vende seus lanches em outros pontos da cidade.

Mais 60 areninhas estão em vias de serem inauguradas, 14 estão em obras, e outras 300 em processo de licitação ou contratação.

Histórico

Os primeiros equipamentos implantados contemplavam os municípios de médio e grande porte com maior número de jovens em zona urbana, de acordo com o Censo Demográfico 2010. As arenas são compostas de campo society com grama sintética, vestiários com banheiro, acessos pavimentados, calçada com piso intertravado, torres de iluminação, alambrado e rede, bancos de reserva e depósito para materiais esportivos.

Após o lançamento do projeto Areninhas do Interior, foi lançada a segunda etapa do programa para contemplar municípios com população inferior a 50 mil habitantes.

A elaboração dos projetos técnicos de Engenharia e Arquitetura para construção das areninhas é de responsabilidade da Superintendência de Obras Públicas (SOP), órgão vinculado à Secretaria das Cidades (SCidades). A SOP ainda faz o acompanhamento e fiscaliza as obras de cada areninha construída.

Concluídas as etapas de obra, estes equipamentos esportivos são entregues para gestão de comitês municipais formados pelas prefeituras e representantes das comunidades locais, ao passo que a Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv) fica a cargo de implementar políticas públicas de incentivo ao esporte e lazer nas arenas.

Estiveram presentes também no evento, o ex-prefeito da cidade, Raimundinho, vereadores do município, e demais autoridades.