PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Corpo de Bombeiros salva 30 banhistas em ações no litoral do Ceará

25 de abril de 2022 - 14:36 # # # # # # #

Ascom CBMCE - Texto e Fotos

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), por meio das equipes de guarda-vidas, salvou 30 banhistas com vida durante esse fim de semana. O balanço corresponde ao período de sexta-feira (22) a domingo (24). Além dos salvamentos, as equipes realizaram 1.608 prevenções no litoral do Estado – nas praias do Futuro, pertencente à Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10) de Fortaleza, de Caucaia (AIS 11), de Jijoca de Jericoacoara (AIS 14) e de Aracati (AIS 18).

Balanço de resgates

A equipe de guarda-vidas da 1ª Companhia de Salvamento Marítimo do Batalhão de Busca e Salvamento (1ªCSMar/BBS), que atua na Praia do Futuro, realizou 27 resgates, sendo um turista de São Paulo e 26 da Capital. No total, foram salvos 12 adultos, nove crianças e seis adolescentes. Uma criança, que estava perdida na faixa de areia, foi encontrada e entregue ilesa aos responsáveis.

A 2ª Companhia de Salvamento Marítimo do Batalhão de Busca e Salvamento (2ªCSMar/BBS), que atua no litoral de Caucaia (AIS 10), também resgatou três pessoas com vida.

“O Batalhão de Busca e Salvamento (BBS) viabilizou, para essas ações, 48 guarda-vidas em 19 postos, além de seis quadriciclos, cinco viaturas 4×4, três motos aquáticas e o apoio de duas ambulâncias do tipo resgate do Batalhão de Socorro de Urgência (BSU)”, declarou o capitão Rodrigo Monteiro Carneiro, comandante da 2ªCSMar/BBS do CBMCE.

Ações preventivas no litoral

Ao todo, as equipes do CBMCE conduziram 1.608 prevenções. Essa iniciativa é uma intervenção importante e pode evitar cerca de 85% dos casos de afogamento, conforme avaliação da instituição.

Em Caucaia, as equipes promoveram 337 prevenções. As demais ações foram conduzidas pelos guarda-vidas de Fortaleza, Aracati (AIS 18) e Jijoca de Jericoacoara (AIS 14).

Ainda no fim de semana, os guarda-vidas também recuperaram um barril de óleo do mar, na foz do Rio Pacoti (AIS 8), na Capital cearense. O material foi conduzido ao Quartel do CBMCE do Mucuripe para o descarte adequado.