PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

No seu jubileu de ouro, Funceme é agraciada com a Medalha Joaquim Feitosa 2022

28 de abril de 2022 - 16:34 # # #

Ascom Funceme

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) foi agraciada, na tarde desta quinta (28), no Dia Nacional da Caatinga, com a Medalha Ambientalista Joaquim Feitosa. A comenda foi oferecida pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e o Comitê da Reserva da Biosfera da Caatinga (CRBC). O evento ocorreu no auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, com apoio da Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Casa. A instituição, que neste ano comemora 50 anos, iniciou atividades em 1972, a partir da necessidade de encontrar saídas para as severas secas que assolavam o Ceará.

O evento foi aberto com apresentação da Camerata de Cordas da Unifor, que executou peças com temas nordestinos consagrados por Luiz Gonzaga. A primeira intervenção da Mesa foi do titular da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), Francisco Teixeira, que ressaltou o trabalho da Funceme e dos seus servidores. Na sequência, o deputado estadual Renato Roseno, integrante da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia, relembrou Joaquim Feitosa e ressaltou “a importância da ciência e do trabalho da FUNCEME para harmonizar a convivência com o semiárido”. Por sua vez, o titular da Sema, Artur Bruno, ratificou que a escolha da Funceme deu-se por unanimidade. “O trabalho do Ceará em gestão de recursos hídricos é referência para todo Brasil. E tenho orgulho de fazer parte de um governo que valoriza a ciência e a Funceme faz parte primordial neste processo”, explicou.

No ápice do evento, ao receber a honraria das mãos dos integrantes da Mesa, o diretor técnico da Funceme, Hoilton Rios, destacou que a Fundação continuará “desenvolvendo estudos para aprofundar os bons métodos de convivência com o semiárido”.
Também compuseram a Mesa o ambientalista Renato Aragão, representando a FIEC; Daniel Fernandes, da Associação Caatinga; além de Fátima Feitosa e Daniel Feitosa, filha e neto de Joaquim Feitosa.

O Prêmio Ambientalista Joaquim Feitosa, instituído pelo Decreto n° 27.781, de 26 de abril de 2005, destina-se a reconhecer pessoas físicas ou jurídicas, públicas ou privadas, que no desempenho de suas ações tenham contribuído, de forma relevante, para o desenvolvimento sustentável da Caatinga.