PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Bombeiros alertam responsáveis sobre uso de anéis e alianças em crianças

2 de maio de 2022 - 16:54 # # # #

Ascom CBMCE - Texto e foto

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) removeu mais um anel preso no dedo de uma criança. A ocorrência foi registrada no sábado (30), e a socorrida, uma criança de sete anos, recebeu atendimento na sede da 3ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiros Militar (3ªCia/1ºBBM), em Fortaleza. A corporação alerta que em fase de crescimento não é recomendável utilizar jóias e/ou acessórios em crianças, pois podem causar lesões ou até amputação de membros, nos casos mais graves.

De acordo com o tenente-coronel Francisco Gledson Barbosa Rodrigues, comandante do Comando dos Bombeiros da Capital (CBC), “situações como essas são atendidas de forma corriqueira nos próprios quartéis do Corpo de Bombeiros. Muitas pessoas se encaminham diretamente às unidades da corporação em busca de auxílio em casos semelhantes. No entanto, recomendamos que, em primeiro lugar, quando possível, a vítima deve se deslocar a uma unidade de saúde mais próxima de sua residência para avaliação clínica. Somente após essa avaliação, os bombeiros militares deverão atuar”, explicou.

Na situação da vítima de sete anos, foi feito o procedimento de retirada com apoio de uma minirretífica, equipamento utilizado pela corporação. O pai acompanhou todo o socorro.

De acordo com o comandante do CBC, o trabalho não oferece risco para a vítima. “Usamos uma lâmina fina embaixo da aliança que protege o dedo”, detalha. Enquanto um corta o anel, outro militar molha a mão da vítima para resfriar o metal, de modo a evitar que a joia esquente. É importante que a vítima permaneça calma, sem movimentos abruptos com a mão durante o atendimento.

Todas as guarnições de Resgate e de Busca e Salvamento dispõem do equipamento citado. Entre 2019 e 2021, o CBMCE realizou 279 atendimentos do tipo.