PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

SAP recebe workshop de tecnologia não letal com apresentação de drone e granadas

23 de maio de 2022 - 16:21 # # # #

Ascom SAP

A Secretaria da Administração Penitenciária recebeu um workshop de tecnologias não letais promovido pela empresa Condor. Na ocasião estiveram presentes o secretário executivo, Rafael Beserra, o secretário executivo de planejamento e gestão interna, Álvaro Maciel, e os alunos do Curso de Operações Especiais da Polícia Militar do Ceará (Coesp).

A apresentação teve como objetivo mostrar as novidades tecnológicas do mercado para os policiais penais com funcionalidade em suas atividades rotineiras e especiais. Foram apresentadas novas aquisições para os grupos especializados, como granadas de adentramento com duas explosões, granadas de emissão instantânea (sem fumaça e calor) e munições da linha 40 mm de impacto controlado e explosivas para uso tático.

Além disso, também houve a exibição do “Condor drop”, um drone de fabricação nacional que possui propriedade de empregar munições não letais em cenários complexos de conturbação em vias públicas ou em cenários de rebeliões prisionais.

O secretário executivo, Rafael Beserra, ressalta a importância de adquirir conhecimentos sobre novas ferramentas que ajudem na preservação da ordem. “É fundamental saber quando a indústria busca desenvolver novas tecnologias e busca agregar aos trabalhos que já vem sendo desenvolvidos nas atividades policiais e penitenciárias. Esse equipamento traz esse consolidação de um desejo antigo em usar equipamentos não letais ou menos letais, em longa distância, com precisão e segurança ao operador. De fato é muito eficaz e a tendência é conseguir obter novos resultados efetivos na utilização seja do drone, das granadas ou dos outros equipamentos que também apresentaram junto das nossas atividades penitenciárias”, conclui.

O instrutor de tecnologias não letais da empresa Condor, Ricardo Soares, comenta sobre a apresentação. “A polícia penal faz parte da segurança pública e temos desenvolvido cada vez mais ferramentas de uso tático destinadas a ambientes internos e externos nas operações. Esse tipo de evento traz uma visão ampla de conhecimento e soluções para os gestores e agentes da segurança pública em diversas situações”, afirma.