PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Forças de Segurança do CE conhecem ações de combate à violência contra grupos vulneráveis no DF

27 de maio de 2022 - 10:08 # # # #

Ascom SSPDS - Texto e fotos

Representantes das Forças de Segurança do Ceará realizaram, por dois dias, visitas à Secretaria de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF). O intuito foi o intercâmbio de ações usadas no combate à violência contra os grupos vulneráveis. Durante essa quarta (25) e essa quinta-feira (26), a comitiva dialogou com representantes das Polícias Civil e Militar e da SSP-DF.

Integraram a comitiva, o secretário executivo da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Samuel Elânio; o delegado geral adjunto da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), Márcio Gutierrez; a diretora do Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da PC-CE, delegada Arlete Silveira; e o comandante do Batalhão de Policiamento de Prevenção Especializada (BPEsp) da PMCE, major Messias Mendes.

“Tratou-se de uma visita técnica às experiências de proteção às mulheres e aos grupos vulneráveis em geral, praticadas pelo Sistema de Segurança do Distrito Federal. Então, estamos conhecendo de perto as experiências de sucesso da Polícia Civil, da Polícia Militar e da própria Secretaria da Segurança do Distrito Federal. Inclusive, com tecnologias específicas e programas especializados”, explicou o comandante do BPEsp da PMCE, Major Messias Mendes.

As visitas foram acompanhadas pelo secretário executivo da SSP-DF, Milton Neves; e pelo responsável pela Câmara Técnica de Monitoramento de Homicídios e Feminicídios do DF, delegado Marcelo Zago. Na quarta-feira, os representantes da segurança pública cearense conheceram o Centro de Políticas de Segurança Pública da Polícia Militar do DF, onde a comitiva cearense assistiu a uma palestra sobre o Provid, o Programa de Prevenção Orientado à Violência Doméstica, da PMDF.

“A nossa visita começou na Sala de Gestão Estratégica do Ciob, que é o Centro Integrado de Operações de Brasília. Tivemos a oportunidade de conhecer o Programa Mulher Mais Segura, além de outros projetos desenvolvidos pela Secretaria da Segurança do DF. Dentro do programa Mulher Mais Segura, nós tivemos também uma palestra apresentando o Grupo Refletir e também uma ação denominada Viva Flor, que é conduzida pela Subsecretaria de Prevenção à Criminalidade”, destacou a diretora do DPGV/PC-CE, delegada Arlete Silveira.

A diretora também ressalta os próximos passos em território cearense a partir dessa visita. “A ideia é replicar as boas práticas com a finalidade de aprimorarmos os procedimentos de segurança pública e protocolos de enfrentamento de violência contra a mulher, especialmente a violência de gênero e familiar”, concluiu ela.