PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Hospital de Saúde Mental inicia implantação de farmácia viva

28 de junho de 2022 - 14:49 # # # #

Milena Fernandes - Ascom HSM -Texto
HSM - Foto

Pacientes e funcionários terão acesso a plantas certificadas e que podem ser utilizadas na preparação de chás e lambedores, por exemplo

O Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM), unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), iniciou, nessa segunda-feira (27), a implantação de uma farmácia viva. O projeto tem parceria com o Núcleo de Fitoterapia (Nufito), vinculado à Coordenadoria de Políticas de Assistência Farmacêutica (Copaf) da pasta.

As farmácias vivas são unidades farmacêuticas implantadas para atender à população, em que compreende todas as etapas, desde o cultivo, a coleta, o processamento e o armazenamento de plantas medicinais, além da manipulação e da dispensação dos insumos.

Nesta primeira fase, o modelo funcionará no hospital-dia Lugar de Vida. Pacientes atendidos pelo Elo de Vida, serviço do HSM que acolhe pessoas com dependência química em recuperação, participaram da construção do espaço.

“Já tivemos a farmácia viva aqui no hospital e, agora, estamos resgatando essa ação por meio de uma parceria com profissionais capacitados. Vai ser muito bom para os pacientes e os funcionários, pois terão acesso a plantas certificadas e que podem ser utilizadas para a preparação de chás, lambedores e cosméticos“, exemplifica o coordenador clínico do equipamento, Karlos Sancho.

Além da reativação da farmácia viva, o projeto também prevê a realização de oficinas de plantio aos funcionários da unidade, com dicas de cultivo e aproveitamento adequado dos insumos. “Queremos ensinar a maneira correta de cultivar essas plantas, de reconhecer cada uma delas e como utilizá-las de forma segura”, explica o engenheiro agrônomo do Nufito, Sebastião Leite.

Sobre o local inicialmente escolhido, o engenheiro o avalia como uma área apropriada. “É bastante arborizado, tem um bom jardim, é acessível. Vai beneficiar funcionários e pacientes”, afirma.

Parceria

“Observamos um grande interesse dos profissionais e também o envolvimento dos pacientes que, com empenho, fizeram os canteiros, adubaram e plantaram as mudas de plantas medicinais doadas pelo Nufito. Durante todo o trabalho de implantação, contamos com a participação e a orientação de profissionais tanto do Hospital de Saúde Mental como do Nufito”, pontua a farmacêutica Aleksandra Barroso Gomes, assessora técnica do Núcleo.

Nos próximos dias, serão realizadas oficinas de preparação caseira com plantas medicinais e sobre o uso correto de cada uma delas.