PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Jovens do Virando o Jogo fazem visita à sede do Pacto por um Ceará Pacífico

29 de junho de 2022 - 15:32 # # # #

Ascom Vice-Governadoria - Texto e fotos

Na tarde desta quarta-feira (29), 18 jovens da 3ª edição do Virando o Jogo estiveram na sede do Pacto por um Ceará Pacífico, em Fortaleza. A visita marcou a conclusão do curso de assistente administrativo, que faz parte da etapa de qualificação profissional, a segunda do projeto.

“Sempre quando os participantes concluem o curso de assistente administrativo eles vão a alguma instituição para aprenderem um pouco mais sobre o trabalho na prática. A escolha do local é por conta deles”, disse Sabrina Holanda, gerente de área do Virando o Jogo.

A tarde contou com visitas aos setores administrativos da sede do Pacto por um Ceará Pacífico. Para Fernando Moura, 19, essa é uma oportunidade importante para os jovens das comunidades mais carentes da capital. “É muito legal conhecer uma instituição pública como essa, ver como tudo funciona. O Virando o Jogo é uma porta para a gente entrar, de forma mais fácil, no mercado de trabalho”.

O curso

Promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), parceiro do Governo do Ceará, a capacitação é ofertada tanto no próprio Senac quanto nas áreas alcançadas pelo Virando o Jogo. Além de assistente administrativo, também são oferecidos cursos de gestão e negócios, gastronomia, infraestrutura, produção cultural e turismo, hotelaria e lazer, bem como atividades esportivas e culturais.

“É uma fonte de conhecimento muito válida para os jovens. A gente sai do curso com certificado, e isso agrega muito no currículo”, comemorou Rágila Alves, 19, uma das concludentes.

O Projeto

Destinado a pessoas com idades entre 15 e 19 anos que não estudam e nem trabalham, o Virando o Jogo conta com três módulos. O primeiro é a formação cidadã e comunitária. Logo depois, é a vez da qualificação profissional, com um reforço em assuntos como esporte e cultura. Em um último momento, acontece o enfoque em áreas voltadas para o empreendedorismo. Todos esses passos são alinhados à reinserção escolar e ao acompanhamento familiar. Os jovens recebem bolsas que chegam ao valor de R$300,00.