PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Seduc lança 8ª Coleção Paic Prosa e Poesia dentro da XIV Bienal do Livro do Ceará

17 de novembro de 2022 - 17:32 # # # #

Bruno Mota - Ascom Seduc Texto
Carlos Gorila Fotos

A Secretaria da Educação (Seduc) lançou, nesta quinta-feira (17), a 8ª Coleção Paic Prosa e Poesia, um conjunto de textos de literatura infantil produzido com o intuito de formar leitores nas escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental da rede pública.

O evento ocorreu no âmbito da XIV Bienal Internacional do Livro do Ceará e contou com as presenças da secretária da Educação, Eliana Estrela; do secretário da Cultura, Fabiano Piúba; e do secretário executivo de Cooperação com os Municípios da Seduc, Márcio Brito.

Na ocasião, também foram homenageados os 36 autores que tiveram textos selecionados para compor a coleção. A Seduc procurou investir na produção local e promover a temática regional nos livros, proporcionando um material identificado com o contexto vivido pelas crianças do estado. Neste sentido, as ilustrações presentes nas publicações são de artistas cearenses, que buscaram expressar a diversidade cultural do povo por meio das imagens.

Eliana Estrela considera ser bastante oportuno o lançamento da coleção dentro da Bienal do Livro. “A literatura faz parte da construção de sonhos. Por meio da leitura, as crianças podem viajar, conhecer outros mundos e outras vidas. E ainda por cima, existe o ganho na parte escrita, pois quem lê, escreve melhor. Quem sabe, os autores das Coleções de hoje estejam servindo de exemplo para que nossas crianças queiram seguir o mesmo caminho e também se tornem escritores e ilustradores. Esse trabalho muito nos orgulha”, define a secretária.

Fabiano Piúba destaca a longevidade da ação, que já se mostra consolidada no cenário educacional. “Para se perceber o resultado das políticas públicas em educação, leva tempo. A gente tem hoje o Ceará como parâmetro nacional porque houve perseverança em um trabalho árduo. Tem o tempo de plantar, o de cultivar e o de colher, que se renovam constantemente. As políticas em educação no Ceará se transformaram em política de estado, e para além disso, se transformaram em uma conquista da sociedade cearense, pois nenhum governante teria a coragem de recuar numa iniciativa como essa. Toda criança tem o direito de ler para ampliar suas capacidades críticas e inventivas. A Bienal é também a casa do Paic”, ressalta.

Complementando este pensamento, Márcio Brito classifica a coleção Paic Prosa e Poesia como um patrimônio da educação cearense. “É mais do que um conjunto de títulos literários, ou do que uma mera oferta de livros às escolas. É algo que transforma vidas, sendo um dos grandes eixos responsáveis pela alfabetização das crianças na idade certa no Ceará. Comemoramos nesse momento uma grande política, que tem mudado a rotina das escolas, transformado a didática e a forma de professores conduzirem seu processo educativo em sala de aula”, explica o secretário executivo.

Sobre a Coleção Paic Prosa e Poesia

A iniciativa vem sendo realizada desde 2009, pelo Eixo de Literatura e Formação do Leitor, que é o responsável pela implantação da política pública de Educação Literária, com vistas à formação de leitores nas escolas públicas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do Ceará.

No 8º concurso literário, o edital destinou, pela primeira vez, cotas étnico-raciais para os autores, com o objetivo de promover a tradição e a memória dos povos originários cearenses.

Por meio do concurso literário, os textos selecionados são editorados, revisados e ganham as ilustrações feitas por artistas e designers. Os 36 títulos, após impressos, são distribuídos por categorias, de acordo com as faixas etárias a que se destinam, sendo 12 títulos para as turmas da Educação Infantil, 12 títulos para as turmas do 1º e do 2º ano, e 12 títulos para o 4º e 5° anos do Ensino Fundamental.

A Coleção Paic Prosa e Poesia é parte integrante dos materiais pedagógicos que compõem o Mais Paic (Programa de Alfabetização na Idade Certa). Os livros dessa coleção são direcionados às escolas e os professores são orientados sobre a forma de utilização do material, para que este cumpra as finalidades preconizadas pelo Programa.

A ação é realizada por meio da Coordenadoria de Cooperação com os Municípios para Desenvolvimento da Aprendizagem na Idade Certa, da Coordenadoria de Educação e Promoção Social e das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes).