PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Proprietário de empresa de viagens suspeito de aplicar golpe em 180 pessoas é preso em Fortaleza

18 de novembro de 2022 - 14:36 # # # #

Ascom SSPDS - Texto

Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foram acionadas, na tarde dessa quinta-feira (17), para uma ocorrência de uma confusão generalizada em uma empresa de viagens e turismo que fica localizada no bairro Parangaba, pertencente à Área Integrada de Segurança 5 (AIS 5) de Fortaleza. No local, cerca de 15 pessoas requeriam o ressarcimento de viagens que foram pagas e não realizadas pela empresa. Diante do ocorrido, o proprietário do local, um homem de 32 anos, foi preso em flagrante por estelionato.

De acordo com as investigações da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), Paulo João Baptista Fungulane, até então sem antecedentes criminais, vendia pacotes de viagens, por meio de uma rede social, onde as vítimas eram captadas. Após a compra, e já próximo de realizar a viagem, as vítimas eram comunicadas por e-mail sobre o cancelamento da viagem, com o pretexto de que não haviam conseguido atingir o número de pessoas suficientes.

Ainda de acordo com as apurações da Polícia Civil, as vítimas eram coagidas a realizar uma viagem de valor abaixo do que haviam pagado, ou se não, elas perdiam o dinheiro investido, pois não tinham o direito de reembolso da quantia aplicada. O suspeito utilizava o mesmo “modus operandi” para aplicar o golpe em várias vítimas, em todo o Ceará e de outros estados. Ainda segundo os primeiros levantamentos policiais, cerca de 180 pessoas foram vítimas.

Diante do flagrante, o homem foi conduzido para o 5º Distrito Policial (DP), onde foi autuado por estelionato. As investigações em torno do suspeito continuam com a finalidade de identificar outras possíveis vítimas. As investigações estão a cargo do 5º DP.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número (85) 3101-2948, do 5º Distrito Policial.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.