PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Reforma dobra capacidade do sistema de drenagem do gramado do Castelão

30 de novembro de 2022 - 11:05 # # #

Ascom Casa Civil Texto
Ascom SOP Fotos

Duas semanas após o início dos trabalhos, a reforma de toda a estrutura do gramado da Arena Castelão está na fase de revisão e ampliação do sistema de drenagem.

Está sendo feita a instalação de novos tubos e da manta de drenagem. A estrutura atual recebe troca de material ao mesmo tempo em que está sendo dobrada a extensão de valas e drenos, aumentando a capacidade de drenagem. Em formato de espinha de peixe, o mecanismo disposto na camada mais profunda do gramado do Castelão salta de 1.850 metros de tubulação para 3.700 metros.

“Aproveitamos cerca de 20% da tubulação antiga, o restante está sendo instalação nova. Estamos intercalando onde está sendo aproveitada a tubulação com a colocação de tubos novos. A obra está dentro do cronograma, apesar de essa fase atual ser mais de trabalho manual”, detalha Larissa Augusto, engenheira civil da Superintendência de Obras Públicas (SOP).

Depois dessa etapa, serão depositadas as camadas de brita e de areia, para posterior plantio da nova grama.

Reforma

Com investimento de R$ 1,95 milhão, está sendo executada a revisão de toda a estrutura de campo de jogo e a troca completa do gramado da Arena Castelão. Inicialmente, a reforma estava prevista para o fim da temporada de 2021, mas foi adiada por solicitação de Ceará Sporting Club e Fortaleza Esporte Clube. O prazo da obra é de cerca de 90 dias.

Com 49 anos de existência, o Estádio Governador Plácido Castelo (Arena Castelão) é o maior palco de eventos esportivos do Ceará e uma das praças esportivas mais modernas do Brasil. Foi palco de importantes jogos na Copa das Confederações e Copa do Mundo do Brasil, em 2013 e 2014, respectivamente, além de recentes disputas da Série A do Campeonato Brasileiro, Libertadores da América e Copa Sul-Americana.

Na temporada 2022, a Arena Castelão foi o estádio brasileiro com maior agenda de jogos oficiais. Foram 73 jogos oficiais, à frente de Maracanã (Rio de Janeiro) e Mineirão (Belo Horizonte), que tiveram 65 partidas cada. Pelo gramado do Castelão, a bola rolou em partidas de campeonatos regionais, nacionais e internacionais: sete do Campeonato Cearense, 13 da Copa do Nordeste, seis da Copa do Brasil, 38 do Campeonato Brasileiro (Série A), cinco da Sul-Americana e quatro da Libertadores da América. Uma média de uma partida a cada cinco dias.