PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Governo do Ceará investe mais de R$ 25 milhões para fornecer toneladas de sementes de qualidade

24 de janeiro de 2023 - 14:19 # # # #

Larissa Falcão - Ascom Casa Civil - Texto
Carlos Gibaja e José Wagner - Fotos

A agricultora Eugênia Maria de Sousa, de 43 anos, moradora do assentamento São José, na zona rural de Itapiúna, fala com alegria das chuvas que já regam o solo cearense. Eugênia, que preparou a terra para o plantio de milho e feijão, é uma dos 152 mil agricultores beneficiados com a 36ª edição do Projeto Hora de Plantar, que foi lançada pelo Governo do Ceará na manhã desta terça-feira (24), em Baturité. O governador Elmano de Freitas participou da solenidade, acompanhado de prefeitos, deputados estaduais e federais e outras autoridades.

“Essas sementes são muito bem-vindas, porque nem todos os agricultores têm condição de comprar. A gente sabe que as águas aumentam a partir de abril, então, já estamos prontos para plantar. Inclusive, a forma da entrega das sementes está mais ágil agora, sem filas, o que é bom para nós”, destacou Eugênia Maria.

Neste ano, o Hora de Plantar atenderá aos agricultores com sementes de milho híbrido (2 mil toneladas), milho variedade (500 toneladas) e sorgo forrageiro (180 toneladas), manivas (10 milhões de unidades) e raquetes de palma forrageira (2,5 milhões de unidades). O projeto inclui ainda a distribuição de mudas de cajueiro anão (375 mil), aroeira (5 mil) e sabiá (40 mil). O investimento foi mais de R$ 25 milhões, com recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) e do Tesouro do Estado.

O governador Elmano de Freitas, que é natural de Baturité e filho de agricultor, falou sobre como o Hora de Plantar é essencial para, além de apoiar a agricultura familiar, ampliar a segurança alimentar para os cearenses.

“Estou muito orgulhoso de estar na minha terra como governador, fazendo o lançamento do Hora de Plantar, que já atravessou diversos governos nos últimos 36 anos. É também um momento de muita alegria, porque a Funceme [Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos] prevê uma quadra chuvosa muito boa para o nosso estado, com chuvas acima da média. Nós vamos ter um bom inverno, e eu tenho o absoluto compromisso de apoiar a agricultura familiar e a reforma agrária. São os agricultores e agricultoras que colocam comida na mesa da cidade”, afirmou.

Além das sementes e insumos, segundo o governador, estradas seguras são importantes para o escoamento da produção. “Vamos garantir estradas para que [na quadra chuvosa] a produção possa sair e os nossos produtores possam trafegar nessas estradas. Queremos um programa especial para zona rural, que garanta circulação de mercadorias na produção agrícola no Ceará”, disse Elmano de Freitas, destacando que a obra de duplicação da estrada que liga Baturité até Redenção é prioridade.

O incentivo à produção de alimentos não só garante comida na mesa dos cearenses, mas também reafirma os valores culturais e a história de povos como os quilombolas. “A agricultura também é uma expressão da nossa resistência. Na Serra do Evaristo, a 30km da sede de Baturité, desenvolvemos trabalhos com os agricultores da comunidade, desde o plantio até a venda. As sementes recebidas são importantes para a independência dessas comunidades, fortalecendo a cultura local”, explicou Evandro Ferreira, professor e membro da Associação da Comunidade Kolping Quilombola da Serra do Evaristo.

Política pública

Há 36 anos o Hora de Plantar proporciona incrementos significativos da produtividade agrícola. O projeto, coordenado pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), foi transformado em política pública de Estado em 2021. Ao todo, são contemplados 182 municípios cearenses. Ficam de fora apenas Fortaleza e Eusébio, porque são municípios sem zona rural.

“É um projeto que foi pioneiro no Brasil, sendo replicado hoje em diversos outros estados. No Ceará, damos garantia e segurança para os trabalhadores e trabalhadoras rurais, que vão ter semente de qualidade para plantar e gerar renda para suas famílias e, consequentemente, para os municípios cearenses”, complementou Moisés Braz, futuro secretário da Agricultura do Ceará.

A execução e assistência técnica do Hora de Plantar fica a cargo da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), em parceria com as secretarias municipais de Agricultura.

Em nome dos prefeitos presentes, Herberlh Mota, parabenizou a iniciativa. “Tudo começa no cuidado com a semente, com a terra. Aqui, em nosso Maciço de Baturité, o Governo do Ceará dá o exemplo. Juntos, daremos todo o apoio necessário aos nossos agricultores para termos uma boa safra”, disse.

Com apoio da Ematerce, a distribuição de sementes disponíveis nos municípios das regiões do Cariri e Centro Sul começou ainda em dezembro do ano passado, em decorrência dos primeiros registros de chuvas na Região Sul do Ceará. As sementes já estão sendo distribuídas por todos os escritórios da Ematerce do Cariri Centro (Barbalha, Crato, Juazeiro do Norte, Santana do Cariri e Várzea Alegre), Cariri Leste (Brejo Santo, Mauriti e Milagre) e do Cariri Oeste (Campos Sales, Assaré e Araripe) e também os da região Centro Sul (Iguatu, Acopiara, Icó, Ipaumirim, Jucás e Lavras da Mangabeira).

Compromisso

Reforçando o compromisso com a descentralização dos serviços de saúde no Ceará, o governador Elmano de Freitas reafirmou que trabalha para viabilizar a construção do Hospital Regional do Maciço de Baturité. “Esse hospital, que é um sonho da nossa região, será importante para atender os cidadãos do Maciço com mais agilidade e dignidade”, pontuou.