PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Museu Ferroviário João Felipe inicia atividades com exposições sobre ferrovia cearense

25 de janeiro de 2023 - 16:19 # # # #

Ascom Museu Ferroviário João Felipe - Texto
AERVC e Estúdio Voa - Fotos

“Ferrovia em miniatura: Memórias das Oficinas do Urubu” e “Memórias da Estação” são abertas ao público nesta quarta-feira (25), a partir das 18h

O Museu Ferroviário João Felipe inicia suas atividades no Complexo Cultural Estação das Artes a partir das 18h desta quarta-feira (25), com o lançamento das exposições de curta duração “Ferrovia em miniatura: Memórias das Oficinas do Urubu” e “Memórias da Estação”. O espaço, com inauguração prevista para o primeiro semestre deste ano, integra a Rede Pública de Equipamentos Culturais da Secult Ceará e é gerido em parceria com o Instituto Mirante. A visitação é gratuita e aberta ao público.

As mostras apresentadas nas dependências do Complexo Cultural Estação das Artes são homenagens aos percursos dos trens no Ceará. Nas palavras de Lara Fernandes Vieira, diretora-presidenta do Instituto Mirante: “A exposição da maquete (das oficinas do Urubu) e das fotos de décadas passadas resgata a memória da Estação Ferroviária João Felipe, patrimônio histórico e afetivo dos cearenses. É um convite ao mundo mágico e lúdico das ferrovias”.

“As exposições que o Museu Ferroviário traz para a Estação das Artes apresentam um pouco do que os frequentadores do Complexo podem esperar quando o Museu estiver de portas abertas em breve”, adianta a historiadora Cristina Holanda, diretora do Museu Ferroviário João Felipe.

“Ferrovia em miniatura: Memórias das Oficinas do Urubu” expõe uma maquete de cinco metros que retrata as Oficinas de Manutenção da Transnordestina — espaço conhecido pelos fortalezenses como “Oficinas do Urubu” desde os seus primórdios, nos anos 1930, quando pertencia ainda à Rede Viação Cearense. A obra de arte foi produzida pelo ferroviário metalúrgico Antônio Simão, que trabalha nas Oficinas há 40 anos, em escala HO, de proporção 1:87, onde cada item foi medido e reproduzido 87 vezes menor que o seu tamanho real. A mostra apresenta ainda um minidocumentário audiovisual produzido pelo Estúdio Voa. A curadoria é de Cristina Holanda.

Na entrada principal do Complexo, a exposição digital “Memórias da Estação” apresenta aos visitantes 21 registros fotográficos que cartografam as principais mudanças espaciais vivenciadas pela Estação João Felipe ao longo de quase 150 anos de história. A curadoria é de Hamilton Pereira, Clenilton Melo e Camocim Ribeiro, nomes importantes na manutenção do patrimônio ferroviário cearense. O acervo pertence ao Centro de Preservação da Memória Ferroviária da RFFSA e à Associação dos Engenheiros da Rede Viação Cearense (AERVC).

A noite de abertura das exposições do Museu Ferroviário conta ainda com uma roda de choro em homenagem ao compositor e multi-instrumentista Tarcísio Sardinha (1964-2022), que atuou na cultura do estado ao longo de quatro décadas. A partir das 18h30, os artistas Macaúba do Bandolim, Carlinhos Patriolino, Pedro Madeira, Felipe Bastos, Ailton Santana, Ray Douglas, Thesco Carvalho, Samuel Rocha, Letícia Marram, Gigi Castro e Taui Castro se apresentam na gare da Estação das Artes. No Mercado AlimentaCE, os restaurantes Tacos Buger, Cozinha do Deyme e Pachamama estarão funcionando.

Serviço

Abertura das exposições “Ferrovia em miniatura: Memórias das Oficinas do Urubu” e “Memórias da Estação”
Quando: quarta-feira, 25 de janeiro, das 18h às 21h. Visitação aberta ao público de quinta a domingo, de 9h às 13h. Visitação mediada a partir de fevereiro.
Onde: Complexo Cultural Estação das Artes (Rua Dr. João Moreira, 540, Centro). Entrada pela Associação dos Ferroviários Aposentados do Ceará (AFAC).
Gratuito