Governo do Estado apoia à comercialização de produtos da Agricultura Familiar

12 de março de 2010

A Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), em parceria com o Instituto Agropolos do Ceará e com a Petrobra, iniciou as atividades do “Projeto de Apoio à Comercialização de Produtos da Agricultura Familiar”.

 

De acordo com a SDA, o projeto propõe desenvolver modelos de organização para facilitar o desenvolvimento rural sustentável, com ações planejadas, fortalecimento do capital social e integração de políticas públicas.

 

Os principais beneficiados deste projeto serão produtores de base familiar, caracterizados por cultivar para consumo próprio e por comercializar o excedente. Essa ação contribui, também, para o desenvolvimento sustentável dos municípios que integram os territórios atendidos”, destacou o secretário do Desenvolvimento Agrário, Camilo Santana.

 

Até o final de 2010, a perspectiva é alcançar resultados qualitativos no aumento do consumo dos produtos da agricultura familiar. “Estamos capacitando produtores, adequando produtos às exigências de mercado, promovendo segurança alimentar e trabalhando divulgação em diversas mídias”, acrescentou o secretário.

 

Nova frente de trabalho

 

A equipe envolvida na execução do projeto já está trabalhando nas atividades estruturais. Inicialmente, serão atendidos cinco Territórios Rurais: Vales do Curu e Aracatiaçu, Ibiapaba, Baturité, Sertão Central e Inhamuns/Cratéus.

 

Segundo o coordenador do projeto da SDA, Kleber Sabino, as ações de apoio ao processo de comercialização de produtos da agricultura familiar, estão ligadas aos projetos produtivos do Instituto Agropolos.

 

“Somos uma nova frente trabalhando no sentido de fortalecer o setor da agricultura familiar. Primeiramente, estamos fazendo contato com as bases de serviço nos territórios, até porque a proposta é integrar. Vamos realizar eventos regionais, distribuir material de divulgação, criar marca para produtos, elaborar cadastro de fornecedores, promover encontros de negócios e outras ações”, destacou Kleber.

 

Selo de Identificação

 

Segundo o último censo agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dos 4,8 milhões de estabelecimentos rurais do País, cerca de 85%, ou seja, 4,1 milhões, pertencem aos agricultores familiares.

 

E, como crescimento e evolução exigem excelência e padronização, uma  das prioridades do projeto é a veiculação do Selo que identifica produtos cultivados, exclusivamente, por agricultores de base familiar.

 

Com o tema: “Santo de Casa Obra Milagre, sim!”, acompanhado da marca escolhida através de concurso público, cadeias produtivas da agricultura de sequeiro, hortaliças, frutas, dentre outros, agora podem ser facilmente identificadas por consumidores.

 

Territórios Rurais

 

Inicialmente, serão atendidos cinco Territórios Rurais, sendo eles:

 

Vales do Curu e Aracatiaçu, compostos pelos municípios de Itapipoca, Amontada, Apuiarés, General Sampaio, Irauçuba, Itapajé, Itapipoca, Itarema, Miraíma, Paracuru, Paraipaba, Pentecostes, São Gonçalo do Amarante, São Luiz do Curu, Tejuçuoca, Trairi, Tururu, Umirim e Uruburetama;

 

Território da Ibiapaba, que abrange municípios de Carnaubal, Croatá, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, São Benedito, Tianguá, Ubajara e Viçosa do Ceará;

 

Território do Maciço do Baturité, com os municípios de Aracoiaba, Acarape, Aratuba, Barreira, Baturité, Capistrano de Abreu, Guaramiranga, Itapiúna, Mulungu, Ocara, Pacoti, Palmácia e Redenção;

 

Território Sertão Central, municípios de Banabuiú, Choró, Deputado Irapuã Pinheiro, Ibaretama, Ibicuitinga, Milhã, Mombaça, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu e Solonópole;

 

Território Inhamuns/Crateús, com municípios de Aiuaba, Ararendá, Arneiroz, Catunda, Crateús, Hidrolândia, Independência, Ipaporanga, Ipu, Ipueiras, Monsenhor Tabosa, Nova Russas, Novo Oriente, Parambu, Pires Ferreira, Poranga, Quiterianópolis, Santa Quitéria, Tamboril e Tauá.

 

 

Assessoria de Imprensa da SDA:

Jully Jeane (jullyjornal@gmail.com – (85) 3101.7631)